Porto Velho (RO) terça-feira, 25 de setembro de 2018
×
Gente de Opinião

Meio Ambiente

Prefeitura de Porto Velho planta mais de 2.500 árvores


 

Desde o lançamento do “Disk Plante Uma Árvore”, no dia 21 de julho deste ano, a prefeitura de Porto Velho, através da secretaria municipal do meio ambiente (Sema), plantou cerca de 2.500 árvores por toda a cidade. Segundo o secretário da Sema, Agnaldo Ferreira, o objetivo desta iniciativa não está apenas focado na arborização da cidade, mais também, embelezar, ornamentar, amenizar o clima e contribuir para diminuir o índice de poluição na capital do Estado, servindo como exemplo para outras cidades. Ainda de acordo com ele, somente de julho a agosto deste ano, a Sema recebeu mais de 2 mil pedidos através do 0800 647 5445. “Estamos plantando de 30 a 40 árvores/dias em nossa cidade. E são pedidos de vários bairros da capital, e temos observado que em alguns lugares, os moradores de uma rua toda pediu o plantio das árvores. Isso demonstra que as pessoas estão preocupadas com o meio ambiente e sabem dos benefícios deste trabalho”, ressaltou o secretário.

Agnaldo Ferreira explicou que os condomínios construídos pela prefeitura também estão sendo arborizados. “Os condomínios Triângulo e Veredas I e II já estão recebendo as nossas equipes, como todos os projetos habitacionais da prefeitura”, observou o secretário, acrescentando que antes do plantio a equipe de educação ambiental da Sema vai até o endereço e analisa o lugar, verifica a questão das calçadas, encanamentos, fiação e a árvore certa para o local. “Tudo isso é feito para garantir além do benefício que o plantio de uma árvore proporciona, também evitar que os moradores tenham problemas futuros, como uma calçada rachada, um cano quebrado ou um fio de energia atingido, devido ao plantio inadequado de uma árvore”, acrescentou.

O secretário explicou que após o plantio são feitas orientações junto aos moradores, sobre os cuidados com as espécies plantadas. “Os moradores que solicitam o plantio, assinam um termo de adesão e ficam responsáveis por conservar e manter àquela árvore” completou.

Írtimo Modesto, faz parte da equipe da Sema, que aponta as várias espécies utilizadas no projeto: Lanterneira, Açaí, Palmeiras, Flamboyant e Oiti. Esta última é uma das espécies mais resistentes do mundo, ela combate a poluição e por isso se sobressai entre as espécies usadas na arborização urbana. “Todas as árvores que plantamos tem esse papel, ser resistente a tudo, seja a poluição ou ação da natureza”, comentou Írtimo. Porém, segundo ele, as mais pedidas são os ipês amarelo e roxo. “As pessoas costumam pedir o plantio dos ipês, porque quando florescem embelezam de forma generosa as ruas”, disse.

A autônoma Lílian Andrade, de 45 anos, moradora do bairro Conceição, é um exemplo. Ela tem muito carinho pela natureza e gosta muito de plantas e árvores. Ela mesma já havia plantado alguns pés de árvores em seu terreno e quando ficou sabendo do “disk plante uma árvore”, resolveu também solicitar o serviço. “Eu fiquei muito feliz pela iniciativa da prefeitura, a cidade vai ficar mais bonita com esse trabalho e vai ter mais sombra para todos”, disse contente a moradora que recebeu a equipe da Sema e teve plantado em seu terreno, ipês roxo e amarelo, além de duas lindas palmeiras. D. Lílian cuida carinhosamente das plantas, que segundo ela, vão realizar o sonho de ter bastante sombra em frente da sua casa e deixar ainda mais bonita a rua em que mora. Com a divulgação do serviço que a moradora fez, aumentou em mais 30 pedidos somente no seu bairro.

Mas o disk plante uma árvore não atende só as ruas dos bairros, o centro da cidade também, tem recebido a visita da equipe da Sema. Esta semana por exemplo, foram plantadas árvores nas Ruas Benjamin Constant, Quintino Bocaiúva e entornos. “A cidade precisa respirar um ar mais puro e toda ela merece ser embelezada, e sabemos que as árvores ajudam nessa missão”, finalizou o secretário Agnaldo.

Parcerias

Para realizar este serviço a prefeitura tem a parceria da Sejus, que disponibiliza a mão-de-obra, que se utilizam dos serviço como forma de pena alternativa, além desta, temos parcerias com empresas privadas que doam plantas e árvores, de faculdades públicas e particulares, que disponibilizam estudantes para ajudar no estudo e avaliação dos locais a receber o plantio e também nos projetos e ações para a arborização da cidade.

Fonte: Meiry Santos
 

Mais Sobre Meio Ambiente

SP corre risco de enfrentar crise hídrica mais grave que a de 2014

SP corre risco de enfrentar crise hídrica mais grave que a de 2014

O Sistema Cantareira, que abastece parte da capital paulista e da Região Metropolitana, estava com quase 60% da capacidade um ano antes da crise de 20

Novo marco legal do saneamento gera polêmica no setor

Novo marco legal do saneamento gera polêmica no setor

Agentes reguladores estão avaliando a medida provisória

Parque Ecológico Municipal recebe plantio de Ipê e Flamboyant

Parque Ecológico Municipal recebe plantio de Ipê e Flamboyant

Um grupo de 30 crianças da Fundação JiCred plantou mudas de ipê e flamboyant no Parque Ecológico Municipal. A ação foi realizada pelo Sistema Cooperat