Porto Velho (RO) domingo, 22 de setembro de 2019
×
Gente de Opinião

Meio Ambiente

Prefeitura acaba com o lixão clandestino de pneus velhos


 A prefeitura de Porto Velho e a secretaria municipal de Meio Ambiente (Sema), identificaram um grande lixão clandestino exclusivo de pneus velhos. De acordo com o cálculo realizado pela Sema, mais de 30 mil pneus estavam empilhados no meio de uma Área de Proteção Permanente (APP) do município, localizado na entrada do bairro Nacional. “Este crime ambiental vem sendo cometido há pelo menos 15 anos. Todo este volume de pneus é oriundo de várias borracharias, distribuidoras, revendedoras e reformadoras de pneus, e que segundo levantamento de nossa fiscalização, pagavam uma determinada quantia para que um terceiro ‘escondesse’ todo o material, o qual já estava contaminando um igarapé que fica ao lado do depósito clandestino”, informou Agnaldo Ferreira, secretário da Sema.

Esta pessoa foi identificada, autuada e multada pela Sema e também pela coordenadoria municipal de postura. Durante os próximos dias até domingo, a Sema estará retirando os pneus da parte baixa do terreno e colocando na parte alta. A operação está ocupando uma pá carregadeira e duas caçambas. “No próximo sábado e domingo, vamos realizar um grande mutirão com mais de 100 pessoas para carregar os pneus em oito carretas que transportarão o material para Goiânia, onde serão aproveitados em usinas produtoras de cimento”, disse o secretário.

O mutirão será formado por alunos bombeiros, alunos policiais militares, servidores da Sema e das secretarias municipais de Saúde e de Serviços Básicos. A prefeitura tem o apoio do Ministério Público através da promotoria do Meio Ambiente para combater e prevenir a evolução do mosquito da dengue no município.

Dengue

No mês de fevereiro deste ano, a prefeitura lançou a campanha permanente “Ação Ambiental de Combate ao Mosquito da Dengue”, que enviou mais de 120 mil pneus inservíveis para fora da capital. Os pneus são potencialmente um dos maiores criadouros do mosquito da dengue, devido à facilidade de reter em seu interior águas das chuvas. “Este amontoado de pneus é um grande criadouro da dengue e colocou em risco durante anos, a população do bairro Nacional e adjacências. Inclusive estamos investigando a denúncia de que existe outro lixão de pneus igual a este próximo da capital, e assim que houver comprovação da informação, os responsáveis também serão notificados para retirar o material”, explicou Telêmaco Lins, secretário adjunto da Sema.

Notificação

Fiscais da Sema visitaram e notificaram todas borracharias, distribuidoras e revendedoras de pneus sobre a nova conduta que devem ter com relação ao descarte dos pneus inservíveis. “A partir do dia 15 de outubro de 2010, todo e qualquer pneu deve ser direcionado seu descarte no Eco Ponto, localizado na Vila Princesa. Com esta medida pretendemos diminuir drasticamente os focos da dengue na cidade. Os empresários e comerciantes receberam muito bem a notificação informativa, pois vem solucionar o grande problema que sempre tiveram, com o descarte dos pneus velhos”, explicou Agnaldo Ferreira.

Fonte: Fabrícius Bariani
Foto: Estevão Quintela

 

Mais Sobre Meio Ambiente

Sistema Fecomércio participa do Lançamento do Amazônia + 21

Sistema Fecomércio participa do Lançamento do Amazônia + 21

O Presidente do Sistema Fecomércio/Sesc/Senac/IFPE e Vice-Presidente da CNC, Raniery Araujo Coelho esteve no Lançamento do Fórum Amazônia + 21, ocorri

Pesquisadores descobrem complexo arqueológico na Amazônia Central

Pesquisadores descobrem complexo arqueológico na Amazônia Central

As crônicas de Gaspar de Carvajal, padre espanhol que navegou pelo rio Amazonas no século 16, descrevem uma área repleta de aldeias indígenas. ”Enco

Não faz o dever de casa - Enquanto Macron luta pela Amazônia, políticas ambientais da França desapontam

Não faz o dever de casa - Enquanto Macron luta pela Amazônia, políticas ambientais da França desapontam

O presidente francês, Emmanuel Macron, recebeu elogios por colocar os incêndios florestais na Amazônia no topo da agenda global, mas em casa os defens

Mais de 50 técnicos do Estado participam de curso de Geotecnologias e Ferramentas de Gestão do Território do projeto Plantar

Mais de 50 técnicos do Estado participam de curso de Geotecnologias e Ferramentas de Gestão do Território do projeto Plantar

Foi concluído nesta sexta-feira, em Porto Velho, o curso de Geotecnologias e Ferramentas de Gestão do Território, voltado a técnicos da Empresa de Ass