Porto Velho (RO) sexta-feira, 15 de fevereiro de 2019
×
Gente de Opinião

Meio Ambiente

ONS prevê mais chuva para o Sul com índice acima da média


 
Nielmar de Oliveira
Agência Brasil

A melhora significativa das condições dos reservatórios no Subsistema Sul do país foi registrada pelo Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) em seu Sumário Executivo do Programa Mensal de Operação, relativo à semana de 14 a 20 de junho. No relatório, o ONS prevê ainda que o subsistema Sudeste/Centro Oeste deverá ter vazão próxima da média histórica, o Norte levemente abaixo da média e que o Nordeste deverá permanecer com afluência desfavorável, em torno de 44% da média.

A previsão para o período de 14 a 20 de junho é de que a rápida passagem de uma frente fria no início da semana pelo Paraná ocasione chuva fraca na Bacia do Rio Iguaçu e em pontos isolados da Bacia do Rio Paranapanema. Uma segunda frente avança pela Região Sul durante a semana e causa chuva fraca nas bacias dos rios Uruguai, Jacuí e Iguaçu.

O ONS prevê também que, em razão de o feriado de Corpus Christi (celebrado 60 dias depois da Páscoa) cair este ano no dia 19 de junho - no ano passado foi comemorado em 30 de maio - haverá menor crescimento da demanda por energia, comparada ao mesmo mês do ano anterior. Contribuirão ainda os dias de jogos da Copa, tanto aqueles com participação da seleção brasileira, quanto os demais jogos, com impacto maior nas capitais onde se realizarem.

A estimativa é de que a carga prevista para junho, no Subsistema Nordeste, mantenha tendência de crescimento com base no comportamento do consumo das classes residencial e
comercial. O crescimento deverá ser 2,7% em relação ao mesmo mês do ano passado.

No Subsistema Norte, a alta taxa de crescimento prevista, de 27,1%, decorre principalmente da interligação do Sistema Manaus a partir de julho de 2013. Retirando o efeito dessa interligação, a carga prevista para junho apresenta acréscimo de 2,3% em relação ao mesmo mês do ano anterior.

Nos subsistemas Sul e Sudeste/Centro-Oeste, as taxas de crescimento previstas são 1% e 1,2%, respectivamente.

Em relação aos reservatórios, eles fecharam a terça-feira (17) em 39,97% da capacidade máxima no Subsistema Sudeste/Centro-Oeste (contra 36,97% do fim de maio); em 85,73% no Sul (contra 54,93%); no Norte em 91,97% (contra 92,97%); e no Nordeste em 38,39% (contra 40,8% da capacidade registrada no fechamento de maio).

Mais Sobre Meio Ambiente

Barragens de minérios: Onde estão as outras com alto potencial de estrago ou alto risco

Barragens de minérios: Onde estão as outras com alto potencial de estrago ou alto risco

O Brasil tem 790 barragens de rejeitos de minérios, e mais de 300 delas não foram classificadas em relação ao seu risco de rompimento e ao potencial d

Porto Velho: Prefeitura destrava recurso de compensação social para Aterro Sanitário

Porto Velho: Prefeitura destrava recurso de compensação social para Aterro Sanitário

Os R$ 4 milhões também servirão para elaborar o Plano Municipal de Saneamento Básico e o Plano de Gerenciamento de Resíduos SólidosMais uma vitória im

Brumadinho: Qualidade da água do rio Paraopeba é considerada ruim. Veja as imagens

Brumadinho: Qualidade da água do rio Paraopeba é considerada ruim. Veja as imagens

Ontem (31/01), a Fundação SOS Mata Atlântica deu início à Expedição Paraopeba, que irá percorrer 356 km deste rio, de Brumadinho à Hidroelétrica Retir

ADVOGADO DA EMPRESA DIZ,  "A VALE NÃO É A RESPONSÁVEL POR BRUMADINHO E DIRETORIA NÃO SE AFASTARÁ"

ADVOGADO DA EMPRESA DIZ, "A VALE NÃO É A RESPONSÁVEL POR BRUMADINHO E DIRETORIA NÃO SE AFASTARÁ"

Um dos mais importantes advogados da Vale, Sergio Bermudes, apresentou de público a visão da companha sobre o crime de Brumadinho: a companhia não é r