Porto Velho (RO) quinta-feira, 20 de setembro de 2018
×
Gente de Opinião

Meio Ambiente

Nota do Sipam


NOTA À IMPRENSA


O Centro Regional de Porto Velho do Sistema de Proteção da Amazônia esclarece que os eventos de precipitação acompanhados de rajadas de ventos são comuns nesta época do ano, período de transição entre a época seca e a chuvosa. Salienta-se, ainda, que durante o mês de outubro de 2014, no município de Porto Velho, de acordo com os dados registrados pela estação automática do Instituto Nacional de Meteorologia – INMET (Latitude: 8.793662º S e Longitude: 63.845931º O) houve a ocorrência de três eventos de rajadas, cuja velocidade chegou próxima dos 60 km/h-1 ocorridos nos dias 03, 11 e 18/10/2014; seis eventos com velocidades superiores a 30 km/h-1 e abaixo dos 50 km/h-1. Ressalta-se também que, em nossos boletins climáticos, emitidos mensalmente, o SIPAM já havia alertado, para nossa região, chuvas acima dos padrões climatológicos neste período. Para o mês de outubro, de acordo com a média climatológica, deveria chover 192 mm durante todo o mês, contudo essa marca já foi superada e até os 22 dias de outubro já foram registrados 232 mm, confirmando nossa previsão.

O Centro Regional de Porto Velho do Sistema de Proteção da Amazônia esclarece, ainda, que não emite nenhum tipo de alerta via aplicativo "whatsapp" ou qualquer outra rede social. Em caso de dúvidas acesse o portal do SIPAM e fale conosco: www.sipam.gov.br

Mais Sobre Meio Ambiente

SP corre risco de enfrentar crise hídrica mais grave que a de 2014

SP corre risco de enfrentar crise hídrica mais grave que a de 2014

O Sistema Cantareira, que abastece parte da capital paulista e da Região Metropolitana, estava com quase 60% da capacidade um ano antes da crise de 20

Novo marco legal do saneamento gera polêmica no setor

Novo marco legal do saneamento gera polêmica no setor

Agentes reguladores estão avaliando a medida provisória

Parque Ecológico Municipal recebe plantio de Ipê e Flamboyant

Parque Ecológico Municipal recebe plantio de Ipê e Flamboyant

Um grupo de 30 crianças da Fundação JiCred plantou mudas de ipê e flamboyant no Parque Ecológico Municipal. A ação foi realizada pelo Sistema Cooperat