Porto Velho (RO) quarta-feira, 20 de fevereiro de 2019
×
Gente de Opinião

Meio Ambiente

Minc classifica avanço do desmatamento na Amazônia como 'muito ruim'



Luana Lourenço
Agência Brasil

Brasília - O ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc, classificou como "muito ruim" o avanço do desmatamento registrado pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), que mostrou crescimento de 134% do desmate em agosto, em relação ao mês anterior. No entanto, Minc fez questão de registrar que o número é inferior ao desmatamento medido nos meses anteriores a sua chegada no governo.

"Os dados são péssimos. Mas cada um escolhe sua comparação, o número não ultrapassou junho e ficou muito abaixo do desmatamento de abril e maio", comparou.

O aumento da atividade agropecuária, a pressão fundiária, a expectativa de regularização fundiária em terras públicas na Amazônia, a redução no efetivo de fiscalização do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) na primeira quinzena de agosto por problemas com veículos foram listados pelo ministro como fatores que resultaram no aumento do desmate em agosto.

Outra explicação, segundo Minc, é o período eleitoral. O ministro apresentou dados do Ibama que apontam  média maior de desmatamento em anos com eleições municipais, se comparados com anos sem pleito. "Em anos de eleição se desmata mais", apontou.

De acordo com o ministro, o MMA vai tomar 12 medidas para conter o avanço do desmatamento.


 

Mais Sobre Meio Ambiente

Colaboradores do Sistema Fecomércio/RO participam da 4º etapa de implantação do Programa ECOS de Sustentabilidade

Colaboradores do Sistema Fecomércio/RO participam da 4º etapa de implantação do Programa ECOS de Sustentabilidade

Colaboradores do Sistema Fecomércio/Sesc/Senac/IFPE, participaram no auditório da Federação durante dois dias, da 4° etapa da implantação do programa

Barragens de minérios: Onde estão as outras com alto potencial de estrago ou alto risco

Barragens de minérios: Onde estão as outras com alto potencial de estrago ou alto risco

O Brasil tem 790 barragens de rejeitos de minérios, e mais de 300 delas não foram classificadas em relação ao seu risco de rompimento e ao potencial d

Porto Velho: Prefeitura destrava recurso de compensação social para Aterro Sanitário

Porto Velho: Prefeitura destrava recurso de compensação social para Aterro Sanitário

Os R$ 4 milhões também servirão para elaborar o Plano Municipal de Saneamento Básico e o Plano de Gerenciamento de Resíduos SólidosMais uma vitória im

Brumadinho: Qualidade da água do rio Paraopeba é considerada ruim. Veja as imagens

Brumadinho: Qualidade da água do rio Paraopeba é considerada ruim. Veja as imagens

Ontem (31/01), a Fundação SOS Mata Atlântica deu início à Expedição Paraopeba, que irá percorrer 356 km deste rio, de Brumadinho à Hidroelétrica Retir