Porto Velho (RO) quinta-feira, 2 de julho de 2020
×
Gente de Opinião

Meio Ambiente

Minc anuncia R$ 50 milhões para estimular ecoturismo


 
Luana Lourenço
Agência Brasil

Brasília - O ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc, informou hoje (31) que, até setembro, o governo lançará um pacote de R$ 50 milhões para estimular o ecoturismo em seis unidades de conservação federais, com previsão de investimentos em infra-estrutura e licitação para concessão de serviços de atendimento ao visitante.

Os Parques Nacionais da Serra dos Órgãos (RJ), do Jaú (AM), da Chapada dos Veadeiros (GO), dos Aparados da Serra (RS), da Serra da Capivara (PI) e o Parque Nacional Marinho de Fernando de Noronha (PE) receberão os recursos, segundo Minc. Os investimentos federais deverão custear a construção de centros de visitantes, trilhas guiadas, mirantes e a contratação de guias.

Os serviços de restaurantes e turismo de aventura deverão ser concedidos a empresa privadas, por meio de licitação pública, segundo Minc.

“O objetivo é defender melhor, curtir melhor e fazer com que as unidades de conservação gerem lucro”, disse Minc, após dar posse ao novo presidente do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade, Rômulo Mello. 

De acordo com o ministro, as unidades de conservação federais recebem cerca de 3,5 milhões de visitantes por ano, mas 90% da visitação é concentrada nos Parques Nacionais do Iguaçu (PR) e da Tijuca (RJ).

Minc adiantou, ainda, que o governo deverá autorizar a construção de “estradas-parque”, linhas que poderão cruzar as unidades de conservação, desde que sigam exigência como baixa velocidade e uso de materiais não poluentes.


 

Mais Sobre Meio Ambiente

Garimpagem: o grande vilão

Garimpagem: o grande vilão

Além das hidrelétricas, da queda natural gerada pelo fluxo das águas, da forte trepidação dos potentes motores dos empurradores de balsas, um outro  p

Comitê de Sustentabilidade do Sebrae em Rondônia

Comitê de Sustentabilidade do Sebrae em Rondônia

A Semana de Sustentabilidade, em apresentações online pelo Comitê de Sustentabilidade do Sebrae em Rondônia, teve início na segunda-feira com explic