Porto Velho (RO) domingo, 23 de setembro de 2018
×
Gente de Opinião

Meio Ambiente

Mais agricultores terão chance de tirar documentos



Último mutirão de documentação rural do ano visita 5 municípios de Rondônia

A partir da próxima segunda-feira (13) assentados da Reforma Agrária e agricultores familiares de Vale do Anari, Theobroma, Governador Jorge Teixeira, Jaru e Ouro Preto D'Oeste que ainda não têm CPF, carteira profissional, inscrição no INSS, certidão de nascimento ou outros documentos vitais à cidadania, poderão participar do terceiro mutirão do Programa de Documentação da Trabalhadora Rural do ano em Rondônia. A iniciativa do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) em parceria com o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) e outros órgãos públicos já emitiu gratuitamente 5256 documentos nesse ano, beneficiando 1541 rondonienses.

Mais do que levar documentos à porta da casa de quem mora no campo, o programa permite que homens e mulheres da zona rural tenham acesso a políticas públicas e busquem o cumprimento de seus direitos constitucionais. A tarefa ainda dá prioridade ao atendimento das mulheres, público que, segundo pesquisa do MDA, corresponde a dois terços dos trabalhadores do campo que não dispõem de documentos.

Nessa terceira edição, a equipe percorrerá escolas rurais e centros comunitários, de 13 de outubro a 9 de dezembro. Vale do Anari será o primeiro município a receber o mutirão, de 13 a 18 de outubro, passando pelas escolas Tancredo Neves, Oribes Antônio dos Santos, Pedro Américo, Jânio Quadros, Robson Damasceno e Darci Ribeiro. Depois virá Theobroma, de 19 a 25 de outubro, Governador Jorge Teixeira, de 26 de outubro a 1º de novembro e Jaru, de 3 a 9 de novembro. O último município a ser visitado será Ouro Preto D'Oeste, que receberá a equipe no período de 1 a 9 de dezembro.

Fonte: Vanessa Ibrahim/Incra-RO

Mais Sobre Meio Ambiente

SP corre risco de enfrentar crise hídrica mais grave que a de 2014

SP corre risco de enfrentar crise hídrica mais grave que a de 2014

O Sistema Cantareira, que abastece parte da capital paulista e da Região Metropolitana, estava com quase 60% da capacidade um ano antes da crise de 20

Novo marco legal do saneamento gera polêmica no setor

Novo marco legal do saneamento gera polêmica no setor

Agentes reguladores estão avaliando a medida provisória

Parque Ecológico Municipal recebe plantio de Ipê e Flamboyant

Parque Ecológico Municipal recebe plantio de Ipê e Flamboyant

Um grupo de 30 crianças da Fundação JiCred plantou mudas de ipê e flamboyant no Parque Ecológico Municipal. A ação foi realizada pelo Sistema Cooperat