Porto Velho (RO) sexta-feira, 15 de fevereiro de 2019
×
Gente de Opinião

Meio Ambiente

Madeira bloqueada por moradores no Pará é legal


 
Comunitários retiveram balsas para alertar contra exploração irregular na região
 

A madeira que está em balsas retidas por moradores de comunidades rurais à beira do Rio Arapiuns, no Pará, é totalmente legal, segundo a Secretaria de Meio Ambiente do Pará. Segundo o secretário-adjunto do Meio Ambiente, Miro Canto, “O estado não é irresponsável”, alegou ao comentar de que o material teria sido retirado ilegalmente da floresta.

De acordo com o secretário, funcionários da Secretaria de Meio Ambiente estiveram no local e verificaram que os cerca de 1.500 metros cúbicos de madeira em toras são originários de áreas de manejo autorizadas pelo governo.

O protesto começou em 12 de outubro. Pelo menos quatro balsas foram interditadas e segundo os moradores, a madeira teria sido extraída ilegalmente.

De acordo com os comunitários, a cada semana mais de cinco balsas carregadas de madeira saem pelo rio sem nenhuma fiscalização.

Os manifestantes vivem em um conjunto de glebas estaduais sob a responsabilidade do Instituto de Terras do Pará (Iterpa). Nos últimos anos, a região, juntamente com outras quatro áreas estaduais vizinhas, vem sendo alvo de debates entre movimentos sociais e o governo sobre a definição formal de repasse de terras públicas.

O protesto tem como objetivo chamar a atenção para o caos fundiário e ambiental que se arrasta há anos na região. Os manifestantes pediram a presença das autoridades para impedir a exploração ilegal e desmatamento dentro da área. 

Fonte: Jovem Pan

Mais Sobre Meio Ambiente

Barragens de minérios: Onde estão as outras com alto potencial de estrago ou alto risco

Barragens de minérios: Onde estão as outras com alto potencial de estrago ou alto risco

O Brasil tem 790 barragens de rejeitos de minérios, e mais de 300 delas não foram classificadas em relação ao seu risco de rompimento e ao potencial d

Porto Velho: Prefeitura destrava recurso de compensação social para Aterro Sanitário

Porto Velho: Prefeitura destrava recurso de compensação social para Aterro Sanitário

Os R$ 4 milhões também servirão para elaborar o Plano Municipal de Saneamento Básico e o Plano de Gerenciamento de Resíduos SólidosMais uma vitória im

Brumadinho: Qualidade da água do rio Paraopeba é considerada ruim. Veja as imagens

Brumadinho: Qualidade da água do rio Paraopeba é considerada ruim. Veja as imagens

Ontem (31/01), a Fundação SOS Mata Atlântica deu início à Expedição Paraopeba, que irá percorrer 356 km deste rio, de Brumadinho à Hidroelétrica Retir

ADVOGADO DA EMPRESA DIZ,  "A VALE NÃO É A RESPONSÁVEL POR BRUMADINHO E DIRETORIA NÃO SE AFASTARÁ"

ADVOGADO DA EMPRESA DIZ, "A VALE NÃO É A RESPONSÁVEL POR BRUMADINHO E DIRETORIA NÃO SE AFASTARÁ"

Um dos mais importantes advogados da Vale, Sergio Bermudes, apresentou de público a visão da companha sobre o crime de Brumadinho: a companhia não é r