Porto Velho (RO) segunda-feira, 6 de abril de 2020
×
Gente de Opinião

Meio Ambiente

JESUALDO: Ong's estão pirateando as florestas


Diretor do Serviço Florestal Brasileiro visita Assembléia e é acusado de regulamentar a biopirataria

Os deputados estaduais questionaram nesta terça-feira a privatização da floresta nacional do Jamari, em Rondônia.

O deputado Jesualdo Pires (PSB) disse ser contra a privatização. Segundo as organizações não governamentais – ONG´s - estão "pirateando as florestas."

Essa concessão para o uso do subsolo é nada mais que regulamentação da biopirataria das florestas brasileiras", disse o parlamentar.

Jesualdo finalizou o discurso afirmando que os brasileiros estão agora perdendo o direito de explorar sua biodiversidade

Isso tudo foi dito no plenário das deliberações da Assembléia, durante visita do diretor do Serviço Florestal Brasileiro, José Natalino Macedo Silva, que falou sobre a situação da licitação do primeiro lote de concessões florestais-Floresta Nacional do Jamari, localizada entre os municípios de Itapuã do Oeste e Cujubim.

A floresta foi escolhida para inaugurar as concessões por estar localizada, de acordo com o Ministério do Meio Ambiente, em uma área considerada de grande foco para o desmatamento.

A deputada Daniela Amorim (PTB), questionou a falta de discussões mais amplas com as autoridades de Rondônia e com a população em geral, para informar os benefícios dessa concessão, em especial às famílias que moram perto das florestas.

"Assim como tivemos discussões calorosas e importantes sobre as Usinas do Madeira, entendo que esse tema também precisasse ser debatido e discutido com os mais diversos setores da sociedade', disse.

O deputado Alex Testoni (PTN – Ouro Preto) disse estar preocupado com a situação das reservas florestais do Estado, em relação à exploração, ocupação e desmatamento ilegal e sem controle das referidas áreas.

"Estou preocupado com a situação das reservas florestais do nosso Estado, principalmente por que o próprio Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (IBAMA), não consegue ter um controle satisfatório da situação em que se encontram estas áreas", ressaltou.

O presidente da Assembléia Legislativa, deputado Neodi Carlos (PSDC – Machadinho do Oeste), afirmou ser favorável ao manejo sustentável das reservas florestais do Estado e exploração das riquezas que estão disponíveis nestas áreas, mas se diz preocupado com a biopirataria.

"Sempre fui a favor do manejo sustentável de nossas florestas, mas não podemos deixar que empresas internacionais tomem conta e levem clandestinamente nossas riquezas." "Saber que a exploração destas áreas será feita por empresas brasileiras e da região, me deixa tranqüilo – disse - Vejo hoje, de forma responsável o procedimento de como vai ser realizada esta exploração e o fato das comunidades de todas as áreas envolvidas estarem sendo informadas, por isso saio satisfeito desta reunião."

Fonte: Decom

Mais Sobre Meio Ambiente

Ji-Paraná: prefeitura encerra atividade no lixão e passa a utilizar aterro sanitário

Ji-Paraná: prefeitura encerra atividade no lixão e passa a utilizar aterro sanitário

A Prefeitura de Ji-Paraná, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semeia), encerrou nesta segunda feira (06), as atividades no lixão munic

Acordo de R$ 2,7 milhões na Justiça do Trabalho viabilizará projetos sustentáveis em Presidente Médici/RO

Acordo de R$ 2,7 milhões na Justiça do Trabalho viabilizará projetos sustentáveis em Presidente Médici/RO

Um acordo no valor de R$ 2,7 milhões homologado pela Justiça do Trabalho em Ji-Paraná/RO beneficiará projetos sustentáveis que visam o tratamento e re

Rio Madeira ultrapassa os 15 metros, dois a menos que em 2019, afirma Defesa Civil

Rio Madeira ultrapassa os 15 metros, dois a menos que em 2019, afirma Defesa Civil

O rio Madeira atingiu na segunda-feira (9) a cota de 15,24 metros, um pouco acima da média (15 metros), mas longe de uma enchente como a registrada em

Prefeitura de Porto Velho alinha medidas para a realização do Amazônia + 21

Prefeitura de Porto Velho alinha medidas para a realização do Amazônia + 21

O prefeito Hildon Chaves se reuniu no Prédio do Relógio (sede do poder executivo) na manhã desta segunda-feira (09), acompanhado do secretário adjunto