Porto Velho (RO) domingo, 15 de setembro de 2019
×
Gente de Opinião

Meio Ambiente

Iphan tomba provisoriamente encontro das águas dos rios Negro e Solimões


 
 Christina Machado
 Agência Brasil
 

Brasília - O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) tombou provisoriamente o encontro das águas dos rios Negro e Solimões, no Amazonas. O edital abrindo prazo de 15 dias para que proprietários e empreendedores na área se pronunciem foi publicado ontem (11) no Diário Oficial da União. Depois desse período, o Conselho Consultivo do Iphan se pronunciará pelo tombamento definitivo.

A área a ser tombada tem 30 quilômetros quadrados. A medida foi tomada para suspender o licenciamento ambiental que permite a construção do cais flutuante Porto das Lajes, que fica na área de abrangência do encontro dos rios. A obra é questionada por ambientalistas e pela comunidade do bairro Colônia Antônio Aleixo, na zona leste de Manaus.

O encontro das águas uma atração turística da região. O fenômeno natural faz com que o Rio Negro, de águas escuras, encontre o Solimões, de águas barrentas (mais claras) e, por vários quilômetros, corram lado a lado sem se misturar.

A próxima reunião do conselho está prevista para o começo de novembro, mas o tombamento pode não estar na pauta. A decisão final, então, pode ficar para o ano que vem.

Mais Sobre Meio Ambiente

Sistema Fecomércio participa do Lançamento do Amazônia + 21

Sistema Fecomércio participa do Lançamento do Amazônia + 21

O Presidente do Sistema Fecomércio/Sesc/Senac/IFPE e Vice-Presidente da CNC, Raniery Araujo Coelho esteve no Lançamento do Fórum Amazônia + 21, ocorri

Pesquisadores descobrem complexo arqueológico na Amazônia Central

Pesquisadores descobrem complexo arqueológico na Amazônia Central

As crônicas de Gaspar de Carvajal, padre espanhol que navegou pelo rio Amazonas no século 16, descrevem uma área repleta de aldeias indígenas. ”Enco

Não faz o dever de casa - Enquanto Macron luta pela Amazônia, políticas ambientais da França desapontam

Não faz o dever de casa - Enquanto Macron luta pela Amazônia, políticas ambientais da França desapontam

O presidente francês, Emmanuel Macron, recebeu elogios por colocar os incêndios florestais na Amazônia no topo da agenda global, mas em casa os defens

Mais de 50 técnicos do Estado participam de curso de Geotecnologias e Ferramentas de Gestão do Território do projeto Plantar

Mais de 50 técnicos do Estado participam de curso de Geotecnologias e Ferramentas de Gestão do Território do projeto Plantar

Foi concluído nesta sexta-feira, em Porto Velho, o curso de Geotecnologias e Ferramentas de Gestão do Território, voltado a técnicos da Empresa de Ass