Porto Velho (RO) domingo, 5 de abril de 2020
×
Gente de Opinião

Meio Ambiente

INDÚSTRIAS: Investimento em seringueiras pode gerar compensação


Aline Beckstein
Agência Brasil


Rio de Janeiro - As indústrias do Rio de Janeiro que investirem no plantio de seringueiras poderão receber um selo de certificação ambiental. A iniciativa tem o objetivo de, além de estimular as indústrias a compensarem as emissões de gases poluentes, aumentar a produção do látex no país. O investimento poderá ser no Rio de Janeiro ou em outros estados, por meio de parcerias com os produtores de látex.

O selo Seringueira Ambiental foi lançado hoje (22) pela Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro(Firjan), em parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Rio (Sebrae-RJ) e o Instituto Tecnológico da Borracha (IteB).

Um projeto piloto de plantio de mudas já foi implantado no município de Silva Jardim, na região centro-oeste do estado. As primeiras árvores já estavam em fase de corte para a produção de látex.

Segundo a Firjan, a iniciativa também tem o objetivo de aumentar a produção nacional de látex, atualmente estimada em 100 milhões de toneladas. Atualmente o Brasil importa cerca de dois terços do látex consumido, e é responsável por apenas 1,3% da produção mundial. No início do século 19, o Brasil produzia tudo o que consumia.

De acordo com o IteB, as empresas interessadas deverão fazer um inventário de suas emissões de gases poluentes com as empresas especializadas ou, no caso de pequenas empresas, utilizar o serviço do instituto, que faz esse cálculo.

As empresas entrarão com parte do capital, que poderá ser utilizado para o plantio ou o cuidado das mudas, e o serviço de extração do látex, assim como os seus lucros, devem ficar na maior parte dos casos com os produtores de látex. O ganho das indústrias, segundo o instituto, é mais para o lado da responsabilidade ambiental.

 


 

Mais Sobre Meio Ambiente

Acordo de R$ 2,7 milhões na Justiça do Trabalho viabilizará projetos sustentáveis em Presidente Médici/RO

Acordo de R$ 2,7 milhões na Justiça do Trabalho viabilizará projetos sustentáveis em Presidente Médici/RO

Um acordo no valor de R$ 2,7 milhões homologado pela Justiça do Trabalho em Ji-Paraná/RO beneficiará projetos sustentáveis que visam o tratamento e re

Rio Madeira ultrapassa os 15 metros, dois a menos que em 2019, afirma Defesa Civil

Rio Madeira ultrapassa os 15 metros, dois a menos que em 2019, afirma Defesa Civil

O rio Madeira atingiu na segunda-feira (9) a cota de 15,24 metros, um pouco acima da média (15 metros), mas longe de uma enchente como a registrada em

Prefeitura de Porto Velho alinha medidas para a realização do Amazônia + 21

Prefeitura de Porto Velho alinha medidas para a realização do Amazônia + 21

O prefeito Hildon Chaves se reuniu no Prédio do Relógio (sede do poder executivo) na manhã desta segunda-feira (09), acompanhado do secretário adjunto

Policiais Militares do Batalhão Ambiental participam de oficina sobre Crimes Ambientais de Menor Potencial Ofensivo

Policiais Militares do Batalhão Ambiental participam de oficina sobre Crimes Ambientais de Menor Potencial Ofensivo

Sessenta Policiais Militares do Batalhão de Polícia Ambiental, de todo o Estado, participaram na manhã desta sexta-feira (28/2) da Oficina sobre