Porto Velho (RO) quinta-feira, 20 de setembro de 2018
×
Gente de Opinião

Meio Ambiente

II Semana Nós Ambiente oportuniza debates sobre a instituição de uma Universidade Livre do Meio Ambiente em Porto Velho


A Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Sema) está promovendo a II Semana Nós Ambiente (II Sena). O terceiro dia de atividades, acontecido na quarta-feira (25), foi marcado por debates sobre a formulação de diretrizes para a criação da Universidade Livre do Meio Ambiente (ULMA). Modelos desse tipo de instituição, já em funcionamento em outros estados, foram apresentados aos participantes que, posteriormente, subdividiram-se em grupos para debater sobre o material apresentado e indicarem suas próprias opiniões e propostas. As diversas ideias foram coletadas para a formulação de uma exposição global, que deve figurar como um plano político pedagógico para a instituição a ser fundada pela prefeitura.

Segundo Michele Tolentino, diretora do departamento de Gestão de Políticas Ambientais da Sema, a instituição que se espera criar não se trata realmente de uma universidade aos moldes de uma instituição de educação superior, mas de um centro para a universalização de conhecimentos e informações sobre questões socioambientais.

Os frequentadores deverão ser funcionários municipais e membros de segmentos da sociedade que apoiem e efetivamente realizem serviços pelo meio ambiente. “Hoje, apresentamos dois modelos desse tipo de instituição existentes no Brasil. O primeiro é a Universidade Fora do Eixo, que é de um formato mais on line, não tem uma sede única e pode ser desenvolvida em qualquer lugar, por meio dos saberes e fazeres dos participantes; a outra é a da Universidade Livre de Curitiba, que é um exemplo para o Brasil, inclusive por sua construção arquitetônica, feita dentro dos princípios da sustentabilidade. A partir dessas apresentações esperamos uma chuva de ideias, vindas dos grupos, para que as propostas sejam levadas em plenário para a apreciação sobre como aplicá-las à nossa realidade. Estamos satisfeitos com o nível de participação, temos aqui pessoas da Unir, de ongs e de diversas instituições que podem nos ajudar nessa reflexão”, informou a diretora.

Fonte: Renato Menghi

 

Mais Sobre Meio Ambiente

SP corre risco de enfrentar crise hídrica mais grave que a de 2014

SP corre risco de enfrentar crise hídrica mais grave que a de 2014

O Sistema Cantareira, que abastece parte da capital paulista e da Região Metropolitana, estava com quase 60% da capacidade um ano antes da crise de 20

Novo marco legal do saneamento gera polêmica no setor

Novo marco legal do saneamento gera polêmica no setor

Agentes reguladores estão avaliando a medida provisória

Parque Ecológico Municipal recebe plantio de Ipê e Flamboyant

Parque Ecológico Municipal recebe plantio de Ipê e Flamboyant

Um grupo de 30 crianças da Fundação JiCred plantou mudas de ipê e flamboyant no Parque Ecológico Municipal. A ação foi realizada pelo Sistema Cooperat