Porto Velho (RO) sábado, 23 de fevereiro de 2019
×
Gente de Opinião

Meio Ambiente

Idaron recebe 15 mil mudas de bananeiras resistentes a doenças



Na manhã desta quarta-feira (18), no Porto do Cai N’Água, a Idaron recebeu uma carga de 11 mil mudas de bananeiras que vieram de Manaus (AM). As outras 4 mil plantas, que vêm do estado da Bahia por correio, devem chegar até sexta-feira (20) na capital de Rondônia. As variedades adquiridas pela Idaron são: Thap Maeo, Pacovan Ken, Maravilha e Conquista. Elas foram desenvolvidas pela Embrapa em laboratório para serem resistentes a doenças como a Sigatoka Negra e o Mal-do-Panamá.

De acordo com o presidente do órgão, Augustinho Pastore, as plantas serão distribuídas na região do baixo Madeira e no distrito de Surpresa, no Vale do Guaporé. “O nosso objetivo é introduzir mudas resistentes a estas doenças em todo o estado. Neste momento, serão distribuídas 300 mudas por localidade, atendendo de 10 a 15 propriedades, em média. O único compromisso assumido pelos agricultores é repassar as novas plantas para outros produtores nos próximos anos”, disse ele.

Cultivo da banana em RO

Em Rondônia, a bananeira é uma das árvores frutíferas de maior importância para a economia. Mas, nos últimos 15 anos, a área de plantio vem diminuindo drasticamente. Em 1995, a área cultivada no estado era de 30.354 hectares. Contudo, a partir de 1998, houve uma queda no plantio, reduzindo-se ao longo de 11 anos. Atualmente, a área plantada é de apenas 5.845 hectares. Os dados são do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e coincidem com a constatação da Sigatoka Negra no estado.

Para o gerente de Inspeção e Defesa Sanitária Vegetal (GIDSV), Augusto Fernandes, as mudas adquiridas pela Idaron serão de grande importância para reforçar o cultivo da banana em Rondônia. “Como estes exemplares serão resistentes às principais doenças da bananeira, a chance do plantio de banana voltar aos patamares de 14 anos atrás são grandes. Esperamos contar com o apoio dos produtores neste novo desafio que a Idaron está propondo a todos”, afirmou ele.

Já Augustinho Pastore aponta que em breve, as mudas serão repassadas aos produtores rurais. “Assim que chegar a outra carga de mudas da Bahia, vamos marcar uma grande festa para repassar os exemplares para os agricultores rondonienses, e assim, voltar aos bons tempos da produção da banana no nosso estado”, finalizou o presidente.

Fonte:  Felipe Corona

Mais Sobre Meio Ambiente

Colaboradores do Sistema Fecomércio/RO participam da 4º etapa de implantação do Programa ECOS de Sustentabilidade

Colaboradores do Sistema Fecomércio/RO participam da 4º etapa de implantação do Programa ECOS de Sustentabilidade

Colaboradores do Sistema Fecomércio/Sesc/Senac/IFPE, participaram no auditório da Federação durante dois dias, da 4° etapa da implantação do programa

Barragens de minérios: Onde estão as outras com alto potencial de estrago ou alto risco

Barragens de minérios: Onde estão as outras com alto potencial de estrago ou alto risco

O Brasil tem 790 barragens de rejeitos de minérios, e mais de 300 delas não foram classificadas em relação ao seu risco de rompimento e ao potencial d

Porto Velho: Prefeitura destrava recurso de compensação social para Aterro Sanitário

Porto Velho: Prefeitura destrava recurso de compensação social para Aterro Sanitário

Os R$ 4 milhões também servirão para elaborar o Plano Municipal de Saneamento Básico e o Plano de Gerenciamento de Resíduos SólidosMais uma vitória im

Brumadinho: Qualidade da água do rio Paraopeba é considerada ruim. Veja as imagens

Brumadinho: Qualidade da água do rio Paraopeba é considerada ruim. Veja as imagens

Ontem (31/01), a Fundação SOS Mata Atlântica deu início à Expedição Paraopeba, que irá percorrer 356 km deste rio, de Brumadinho à Hidroelétrica Retir