Terça-feira, 23 de abril de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Meio Ambiente

Grupo Maggi estuda cana-de-açúcar na Região Amazônica


Grupo Maggi quer entrar nos mercados de etanol e biodiesel

Cana-de-açúcar e soja são as palavras de ordem do conglomerado do governador do Mato Grosso.

O Grupo Maggi está semeando dois projetos estratégicos. O conglomerado agroindustrial prepara-se para entrar no mercado sucroalcooleiro e na produção de biodiesel. Com relação ao etanol, está prevista a construção de duas usinas no Mato Grosso, estado governado pelo controlador da empresa, Blairo Maggi.

O grupo também vem fazendo estudos para o cultivo de cana-de-açúcar na Região Amazônica, onde já atua na plantação de soja.
Por sua vez, a entrada no biodiesel será conduzida pela subsidiária Maggi Energia. O objetivo é não apenas produzir o combustível a partir da soja como construir geradoras próprias à base de biodiesel. A Maggi Energia tem concentrado seus investimentos em fontes renováveis. Vai desembolsar cerca de US$ 200 milhões para instalar quatro PCHs no Mato Grosso.

O assunto vem sendo tratado com total discrição pelo Grupo Maggi, sobretudo no que diz respeito ao etanol. Produzir cana-deaçúcar na Amazônia é uma decisão delicada, principalmente para uma empresa controlada por um governador de estado.

Existe a possibilidade de o IFC, leia-se Banco Mundial, financiar o ingresso do Grupo Maggi nos mercados de etanol e de biodiesel. Nos últimos cinco anos, a instituição concedeu cerca de US$ 60 milhões para dois projetos industriais da companhia.

O grupo vai também ampliar seus investimentos em logística para dar suporte à distribuição do etanol e do biodiesel. A Hermasa Navegação, braço do Maggi em cabotagem, deverá receber um novo aporte para a compra de embarcações. (fONTE: Cidade Biz - São Paulo,SP)

Fonte - Power - Cidade Biz - São Paulo,SP

Gente de OpiniãoTerça-feira, 23 de abril de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

EcoCast: série especial discute os desafios e oportunidades do mercado de carbono no Brasil

EcoCast: série especial discute os desafios e oportunidades do mercado de carbono no Brasil

Você sabe o que são os famosos créditos de carbono? E como eles funcionam, você sabe? Na série especial “Carbono: desafios e oportunidades” recebemos

Inovação e Sustentabilidade em Rondônia: UNIR e Eletrogoes Avançam na Pesquisa Florestal

Inovação e Sustentabilidade em Rondônia: UNIR e Eletrogoes Avançam na Pesquisa Florestal

O Grupo de Pesquisa de Recuperação de Ecossistemas e Produção Florestal, coordenado pelas Dra. Kenia Michele de Quadros e Dra. Karen Janones da Roch

Pesquisa estuda folha da Amazônia para substituição do mercúrio na extração de ouro

Pesquisa estuda folha da Amazônia para substituição do mercúrio na extração de ouro

Pau-de-balsa é uma espécie florestal nativa da Amazônia e já é utilizada de forma artesanal na Colômbia para extração de ouro.Agora, cinco instituiçõ

Ibama define nova prioridade para enfrentar perdas na biodiversidade e a crise climática

Ibama define nova prioridade para enfrentar perdas na biodiversidade e a crise climática

Neste ano em que completa 35 anos, o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) comemora o impacto do trabalho

Gente de Opinião Terça-feira, 23 de abril de 2024 | Porto Velho (RO)