Porto Velho (RO) quinta-feira, 16 de setembro de 2021
×
Gente de Opinião

Meio Ambiente

Governo quer mineração em áreas indígenas da Amazônia



BRASÍLIA — Se depender de setores do governo, a extração de minérios — ouro e diamantes, principalmente — será uma realidade em terras indígenas. Indicativo nesse sentido partiu de José Alberto Cunha Couto, secretário de Acompanhamento e Estudos Institucionais da Presidência da República, em audiência esta semana na Câmara. Couto trabalha em um órgão vinculado ao Gabinete de Segurança Institucional da Presidência. Durante sua exposição, o Couto também defendeu a aprovação do projeto de Lei 1610/96, oriundo do Senado, que regulamenta a exploração de recursos minerais em terras indígenas. A Constituição não proíbe explorar minérios nessas áreas. Ou seja, o texto constitucional não considera inexplorável nenhuma das riquezas nacionais. Mesmo assim, Couto avalia que a atividade requer regime específico e não pode ser regulada com base no atual Código de Mineração (o Decreto lei 227/67).

Couto usou a alta das commodities para defender a mineração em áreas indígenas. E justificou: “Se algum minério não for explorado a tempo, perderá valor no comércio exterior”. Mas o pano de fundo para a exploração mineral não é apenas o lucro financeiro.

Fonte: Agência Amazônia

Mais Sobre Meio Ambiente

Governador Marcos Rocha recebe visita do ministro do Meio Ambiente e reforça compromisso com desenvolvimento sustentável

Governador Marcos Rocha recebe visita do ministro do Meio Ambiente e reforça compromisso com desenvolvimento sustentável

O Governo de Rondônia recebeu na manhã desta quarta-feira (15) a visita institucional do ministro do Meio Ambiente (MMA), Joaquim Leite, acompanhado d

Sedam intensifica fiscalização em Unidades de Conservação em Rondônia com objetivo de evitar degradação da floresta nativa

Sedam intensifica fiscalização em Unidades de Conservação em Rondônia com objetivo de evitar degradação da floresta nativa

Com a proposta de intensificar o combate ao corte de árvores nativas e extração ilegal de madeiras dentro das Unidades de Conservação (UC) do Estado,

Prefeitura de Porto Velho abre licitação para contratar empresa responsável pela gestão de resíduos sólidos

Prefeitura de Porto Velho abre licitação para contratar empresa responsável pela gestão de resíduos sólidos

A Prefeitura de Porto Velho lançou, na quarta-feira (8), o edital de licitação, na modalidade concorrência, para concessão administrativa dos serviços