Porto Velho (RO) sábado, 23 de fevereiro de 2019
×
Gente de Opinião

Meio Ambiente

Governador em audiência pública com setor madeireiro


 
Porto Velho, 28 de janeiro de 2011 - A Secretária de Estado de Desenvolvimento Ambiental (Sedan), Nanci Maria Rodrigues da Silva, falou das metas de trabalho para os 100 primeiros dias de governo e citou a descentralização do órgão para facilitar o acesso do cidadão aos serviços oferecidos. Governador em audiência pública com setor madeireiro - Gente de OpiniãoA secretária também falou da reestruturação do laboratório de geociência e da revisão de Zoneamento Sócio Econômico do Estado/ “Tudo isso é importante porque o conhecimento é a base para que possamos acertar e fazermos um trabalho de qualidade” afirmou.

Nanci Maria também ressaltou que a nova composição do Conselho Estadual de Meio Ambiente passou a ser formada por vários segmentos da sociedade, conforme determina a legislação. Também foram montadas três câmaras técnicas: Gestão Ambiental, Áreas Protegidas e Regularização Ambiental.

O governador Confúcio Moura voltou a falar sobre a importância da desburocratização da Sedam e da necessidade de atitudes e respostas rápidas para ajustar a legislação ambiental e oferecer segurança ao empresário que trabalha de forma séria e honesta.

Confúcio Moura também afirmou que irá realizar concurso público para contratar funcionários de carreira para a Sedam, além de melhorar a remuneração desses trabalhadores, “Eu conheço muitos dos senhores há mais de 20 anos, sempre trabalhando duro neste setor de forma digna e contribuindo para o desenvolvimento do estado” declarou.

O engenheiro florestal Ubiratan Francisco Pereira da Silva ministrou palestra e ressaltou as potencialidades do setor madeiro em Rondônia. Ubiratan disse que existem 749 empresas do ramo madeireiro, entre serrarias e laminadoras que geram em média 40 postos de trabalhos de forma direta, empregando quase 30 mil pessoas. O setor também é o segmento que mais arrecada Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços no estado (ICMS). Ubiratan da Silva também apontou os caminhos para a exploração de madeira em Rondônia de forma responsável, sem degradar o meio ambiente.

Fonte: Decom / Foto: Ésio Mendes

Mais Sobre Meio Ambiente

Colaboradores do Sistema Fecomércio/RO participam da 4º etapa de implantação do Programa ECOS de Sustentabilidade

Colaboradores do Sistema Fecomércio/RO participam da 4º etapa de implantação do Programa ECOS de Sustentabilidade

Colaboradores do Sistema Fecomércio/Sesc/Senac/IFPE, participaram no auditório da Federação durante dois dias, da 4° etapa da implantação do programa

Barragens de minérios: Onde estão as outras com alto potencial de estrago ou alto risco

Barragens de minérios: Onde estão as outras com alto potencial de estrago ou alto risco

O Brasil tem 790 barragens de rejeitos de minérios, e mais de 300 delas não foram classificadas em relação ao seu risco de rompimento e ao potencial d

Porto Velho: Prefeitura destrava recurso de compensação social para Aterro Sanitário

Porto Velho: Prefeitura destrava recurso de compensação social para Aterro Sanitário

Os R$ 4 milhões também servirão para elaborar o Plano Municipal de Saneamento Básico e o Plano de Gerenciamento de Resíduos SólidosMais uma vitória im

Brumadinho: Qualidade da água do rio Paraopeba é considerada ruim. Veja as imagens

Brumadinho: Qualidade da água do rio Paraopeba é considerada ruim. Veja as imagens

Ontem (31/01), a Fundação SOS Mata Atlântica deu início à Expedição Paraopeba, que irá percorrer 356 km deste rio, de Brumadinho à Hidroelétrica Retir