Porto Velho (RO) sábado, 16 de fevereiro de 2019
×
Gente de Opinião

Meio Ambiente

Fecomércio-RO debate coleta de resíduos sólidos com a Semusb e Sema


 
A Fecomércio-RO promoveu na manhã desta segunda-feira 24.04 mais uma edição do “Café com Idéias”, que faz parte do Programa “Boas Práticas Ambientais” e que pretende solidificar a cultura da sustentabilidade não somente dentro do Sistema, mas também levar conscientização ambiental para as empresas e a comunidade.Fecomércio-RO debate coleta de resíduos sólidos com a Semusb e Sema - Gente de Opinião

O evento contou com a participação de técnicos das secretarias municipais de Meio Ambiente (Sema) e a de Serviços Urbanos (Semusb) que fizeram um amplo debate sobre os efeitos positivos da separação dos resíduos e da coleta seletiva para o meio ambiente. Os técnicos do município esclareceram as dúvidas dos colaboradores da Fecomércio a respeito do assunto e falaram também sobre  as melhorias que precisam ser executadas para a maior eficiência da coleta seletiva, na capital do Estado.

Segundo o presidente da Fecomércio-RO, Raniery Coelho, Porto Velho teve impacto considerável na produção de lixo nos últimos anos, em decorrência da construção do complexo hidrelétrico do rio Madeira e hoje precisa acordar para essa realidade, através de ações efetivas entre o Poder Público e a iniciativa privada.

“A questão do lixo é mundial e uma situação preocupante que envolve governos , iniciativa privada e sociedade, porque compromete as futuras gerações. O Sistema Fecomércio-RO é parceiro da Prefeitura de Porto Velho em um projeto de coleta seletiva de resíduos sólidos, mas pretendemos ampliar esse modelo para empresas e outros segmentos”, ressaltou o presidente.

Durante o Café com Ideias, realizado na Sala de Reuniões da Fecomécio-RO, a bióloga da Sema, Mychelle Fernanda Pinheiro, proferiu palestra sobre a legislação que trata da Política Nacional dos Resíduos Sólidos e sobre o crescente volume de lixo produzido pela capital, que hoje é 50% a mais do que há 15 anos, ou quatro vezes que a média nacional.

“Hoje ainda há muita desinformação sobre a coleta dos resíduos sólidos. Precisamos nos conscientizar que a sustentabilidade  só será efetiva não apenas pela vontade do cidadão, mas também sob a ótica da responsabilidade compartilhada com o poder público, fabricantes, comerciantes e consumidores. A participação de cada um é de fundamental importância nesse processo”, comentou.

Segundo a Consultora da Presidência da Fecomércio-RO, Cileide de Macedo, o sistema pretende ampliar as discussões sobre o tema, e detalhou algumas ações que a Comissão de Meio Ambiente do Sistema Fecomércio-RO já realiza como é o caso da fabricação do sabão ecológico, a partir do reutilização do óleo de cozinha usado, junto às entidades do Programa Mesa Brasil do Sesc e coleta seletiva de resíduos sólidos no sistema Fecomércio/Sesc/Senac/IFPE

Além da Comissão gestora do Programa Boas Práticas e dos colaboradores da Fecomércio, estiveram presentes os técnicos Clelson Ferreira da Silva – Presidente da Comissão Especial Permanente de Fiscalização da Semusb; Elen Maria de Pontes Freire Souza – Chefe da Divisão de Coleta de Resíduos Sólidos da Semusb; Mychelle Fernanda Pinheiro – Agente de Educação Ambiental da Sema; Wellington Correia da Cunha, Gerente de Educação Ambiental da Sema e Nilton Veloso Bezema, Diretor do Departamento de Licenciamento Ambiental da Sema.

Mais Sobre Meio Ambiente

Colaboradores do Sistema Fecomércio/RO participam da 4º etapa de implantação do Programa ECOS de Sustentabilidade

Colaboradores do Sistema Fecomércio/RO participam da 4º etapa de implantação do Programa ECOS de Sustentabilidade

Colaboradores do Sistema Fecomércio/Sesc/Senac/IFPE, participaram no auditório da Federação durante dois dias, da 4° etapa da implantação do programa

Barragens de minérios: Onde estão as outras com alto potencial de estrago ou alto risco

Barragens de minérios: Onde estão as outras com alto potencial de estrago ou alto risco

O Brasil tem 790 barragens de rejeitos de minérios, e mais de 300 delas não foram classificadas em relação ao seu risco de rompimento e ao potencial d

Porto Velho: Prefeitura destrava recurso de compensação social para Aterro Sanitário

Porto Velho: Prefeitura destrava recurso de compensação social para Aterro Sanitário

Os R$ 4 milhões também servirão para elaborar o Plano Municipal de Saneamento Básico e o Plano de Gerenciamento de Resíduos SólidosMais uma vitória im

Brumadinho: Qualidade da água do rio Paraopeba é considerada ruim. Veja as imagens

Brumadinho: Qualidade da água do rio Paraopeba é considerada ruim. Veja as imagens

Ontem (31/01), a Fundação SOS Mata Atlântica deu início à Expedição Paraopeba, que irá percorrer 356 km deste rio, de Brumadinho à Hidroelétrica Retir