Porto Velho (RO) sexta-feira, 22 de fevereiro de 2019
×
Gente de Opinião

Meio Ambiente

Expansão agrícola à custa de desmatamento será freiado


Priscilla Mazenotti
Agência Brasil


Brasília - O líder do governo na Câmara, deputado Henrique Fontana (PT-RS), afirmou hoje (24) que o governo não permitirá "em hipótese alguma" a expansão de fronteiras agrícolas à custa de desmatamento.

"Temos uma visão clara de que é estratégico para o país a preservação da Amazônia. Hoje ninguém pode falar em qualquer projeto de desenvolvimento que não tenha como primeiro grande item a questão da visão de sustentabilidade", comentou.

 Ele lamentou os números divulgados ontem pelo Ministério do Meio Ambiente e pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) apontam um desmatamento na região amazônica superior a 3,2 mil quilômetros quadrados entre agosto e dezembro de 2007, o que equivale a cerca de 320 mil campos de futebol.

Os dados acenderam o sinal de alerta no governo principalmente porque o índice de desmatamento amazônico vinha em decréscimo nos últimos dois anos. Entre agosto de 2006 e agosto de 2007, foi registrada a segunda menor taxa de desmatamento anual da história da Amazônia.

"O nosso governo tem um resultado muito positivo na área de combate ao desmatamento na Amazônia, mas no último semestre, infelizmente, os sinais são que essa questão voltou a piorar e vamos tomar medidas", disse Henrique Fontana.

 

Mais Sobre Meio Ambiente

Colaboradores do Sistema Fecomércio/RO participam da 4º etapa de implantação do Programa ECOS de Sustentabilidade

Colaboradores do Sistema Fecomércio/RO participam da 4º etapa de implantação do Programa ECOS de Sustentabilidade

Colaboradores do Sistema Fecomércio/Sesc/Senac/IFPE, participaram no auditório da Federação durante dois dias, da 4° etapa da implantação do programa

Barragens de minérios: Onde estão as outras com alto potencial de estrago ou alto risco

Barragens de minérios: Onde estão as outras com alto potencial de estrago ou alto risco

O Brasil tem 790 barragens de rejeitos de minérios, e mais de 300 delas não foram classificadas em relação ao seu risco de rompimento e ao potencial d

Porto Velho: Prefeitura destrava recurso de compensação social para Aterro Sanitário

Porto Velho: Prefeitura destrava recurso de compensação social para Aterro Sanitário

Os R$ 4 milhões também servirão para elaborar o Plano Municipal de Saneamento Básico e o Plano de Gerenciamento de Resíduos SólidosMais uma vitória im

Brumadinho: Qualidade da água do rio Paraopeba é considerada ruim. Veja as imagens

Brumadinho: Qualidade da água do rio Paraopeba é considerada ruim. Veja as imagens

Ontem (31/01), a Fundação SOS Mata Atlântica deu início à Expedição Paraopeba, que irá percorrer 356 km deste rio, de Brumadinho à Hidroelétrica Retir