Porto Velho (RO) sexta-feira, 22 de fevereiro de 2019
×
Gente de Opinião

Meio Ambiente

Escolas rurais da ponta do Abunã são arborizadas


O Núcleo de Ensino da Ponta do Abunã (Nepa) está desenvolvendo nas escolas municipais da região, o Projeto “Educação Ambiental pela Vida”. Uma parceria firmada com a secretaria de estado do Meio Ambiente (Sedam) e com a Polícia Militar de Extrema, e foi apresentado em julho de 2011 no Distrito de Fortaleza do Abunã num seminário regional que reuniu todas as escolas municipais da Ponta do Abunã.

O evento foi organizado pelo Núcleo de Ensino e pelo Centro de Apoio Operacional da Infância e Juventude e da Defesa dos usuários dos Serviços de Educação – CAO, do Ministério Público do Estado de Rondônia, que na época foi representado pelo senhor Antônio Cosme Salim Pereira.

A sede do projeto “Educação Ambiental pela Vida” está localizada no ramal Zé Pequeno, km 04 / Nova Califórnia, e funciona nas dependências da antiga escola Multianual São Francisco. No local foi construído um viveiro de mudas, onde as sementes são coletadas pela própria comunidade, germinadas e em seguida plantadas nas escolas e propriedades de pais de alunos da região da Ponta do Abunã. O Professor Marquelino Santana, diretor do Nepa, fará no início de junho, durante a semana nacional do meio ambiente, um grande evento ambiental que reunirá todas as escolas municipais da Ponta do Abunã.

O projeto “Educação Ambiental pela Vida” foi apresentado na quinta-feira, dia 29 de março à comunidade escolar da escola multianual São Carlos, localizada no ramal pioneiros / km 08/ Distrito de Nova Califórnia. Diversas mudas de arvores nativas da região Amazônica foram entregues na escola para serem plantadas pelos alunos, pais de alunos e Professores. As mudas são catalogadas, plantadas e seu desenvolvimento é acompanhado de perto pelas crianças que ao mesmo tempo internalizam o espírito de uma consciência ambiental pela vida. Durante a apresentação do projeto e distribuição de mudas pelo Professor Marquelino, foi realizada uma palestra sobre a semana da água.

A palestra foi proferida pelo técnico da Sedam, Aparecido Ferreira da Silva, que também fez distribuição à comunidade de vários panfletos e livros que esclarecem os princípios básicos para a assimilação de uma consciência ambiental planetária. Durante todo o ano letivo de 2012 as escolas da Ponta do Abunã estarão recebendo mudas para reflorestarem seus espaços escolares. O projeto tem recebido importante apoio da Secretaria Municipal de Educação – Semed, que não tem medido esforços para oferecer toda assistência necessária ao sucesso de suas ações. Durante o encontro o Professor Marquelino agradeceu o apoio recebido da secretaria municipal de educação de Porto Velho e da Diretora da Divisão de Ensino Rural – DIER, Professora Olga Benária. “Este apoio tem ajudado muito a construir uma educação ambiental de qualidade em nossas escolas”, finalizou o Professor Marquelino, diretor do Nepa.

Fonte: Meiry Santos/ NEPA
 

Mais Sobre Meio Ambiente

Colaboradores do Sistema Fecomércio/RO participam da 4º etapa de implantação do Programa ECOS de Sustentabilidade

Colaboradores do Sistema Fecomércio/RO participam da 4º etapa de implantação do Programa ECOS de Sustentabilidade

Colaboradores do Sistema Fecomércio/Sesc/Senac/IFPE, participaram no auditório da Federação durante dois dias, da 4° etapa da implantação do programa

Barragens de minérios: Onde estão as outras com alto potencial de estrago ou alto risco

Barragens de minérios: Onde estão as outras com alto potencial de estrago ou alto risco

O Brasil tem 790 barragens de rejeitos de minérios, e mais de 300 delas não foram classificadas em relação ao seu risco de rompimento e ao potencial d

Porto Velho: Prefeitura destrava recurso de compensação social para Aterro Sanitário

Porto Velho: Prefeitura destrava recurso de compensação social para Aterro Sanitário

Os R$ 4 milhões também servirão para elaborar o Plano Municipal de Saneamento Básico e o Plano de Gerenciamento de Resíduos SólidosMais uma vitória im

Brumadinho: Qualidade da água do rio Paraopeba é considerada ruim. Veja as imagens

Brumadinho: Qualidade da água do rio Paraopeba é considerada ruim. Veja as imagens

Ontem (31/01), a Fundação SOS Mata Atlântica deu início à Expedição Paraopeba, que irá percorrer 356 km deste rio, de Brumadinho à Hidroelétrica Retir