Porto Velho (RO) quarta-feira, 8 de abril de 2020
×
Gente de Opinião

Meio Ambiente

Escolas de Rondônia suspendem aulas de educação física por conta do ar seco


 
Os valores de umidade relativa do ar registrados em Rondônia nos últimos dias são dignos de um deserto. O nível mínimo chegou a 14% em Ji-Paraná e Cacoal.

Daniel Panobianco – Duas escolas de ensinos fundamental e médio, particulares, de Ji-Paraná suspenderam nesta sexta-feira as aulas de educação física temporariamente por conta do ar extremamente seco. A coordenação geral, em virtude dos constantes alertas feitos na mídia pelas instituições de pesquisas e após dois alunos terem passado mal, com sintomas de falta de ar após exercícios físicos, resolveu cancelar as aulas por questão de segurança.

Segundo a OMS (Organização Mundial de Saúde), valores de umidade entre 20% e 30% são considerados como Estado de Atenção; Entre 12% e 20%, como Estado de Alerta; E abaixo de 12%, como Estado de Emergência.

Nesta sexta-feira, Ji-Paraná registrou o menor índice de umidade do ano, com apenas 14%, mesmo valor observado em Cacoal em uma estação automática do INMET (Instituto Nacional de Meteorologia).

Com o decreto de Estado de Alerta em todo Estado de Rondônia, por meio da SEDEC (Secretaria Nacional de Defesa Civil), a recomendação dos médicos é evitar ao máximo a exposição ao sol nos horários mais quentes do dia; Usar roupas leves e claras; Umidificar o ambiente com vaporizadores ou toalhas molhadas ou ainda bacias com água nos quartos; Ingerir muita água e tirar plantas naturais de dentro de casa. Durante o dia, as plantas são benéficas ao ser humano. Sugam o gás carbônico da atmosfera devolvendo o oxigênio, filtrando assim, o ar. À noite, elas são como nós, respiram o oxigênio e liberam o gás carbônico. Uma planta dentro de casa é como uma pessoa a mais respirando a pouca umidade já existente.

A umidade, assim como as altas temperaturas, que estão quebrando recorde todos os dias em Rondônia tende a seguir o ritmo até o final do mês. Novos picos de calor máximo e umidade mínima podem ser batidos.

Fonte: De olho no tempo

Mais Sobre Meio Ambiente

Ji-Paraná: prefeitura encerra atividade no lixão e passa a utilizar aterro sanitário

Ji-Paraná: prefeitura encerra atividade no lixão e passa a utilizar aterro sanitário

A Prefeitura de Ji-Paraná, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semeia), encerrou nesta segunda feira (06), as atividades no lixão munic

Acordo de R$ 2,7 milhões na Justiça do Trabalho viabilizará projetos sustentáveis em Presidente Médici/RO

Acordo de R$ 2,7 milhões na Justiça do Trabalho viabilizará projetos sustentáveis em Presidente Médici/RO

Um acordo no valor de R$ 2,7 milhões homologado pela Justiça do Trabalho em Ji-Paraná/RO beneficiará projetos sustentáveis que visam o tratamento e re

Rio Madeira ultrapassa os 15 metros, dois a menos que em 2019, afirma Defesa Civil

Rio Madeira ultrapassa os 15 metros, dois a menos que em 2019, afirma Defesa Civil

O rio Madeira atingiu na segunda-feira (9) a cota de 15,24 metros, um pouco acima da média (15 metros), mas longe de uma enchente como a registrada em

Prefeitura de Porto Velho alinha medidas para a realização do Amazônia + 21

Prefeitura de Porto Velho alinha medidas para a realização do Amazônia + 21

O prefeito Hildon Chaves se reuniu no Prédio do Relógio (sede do poder executivo) na manhã desta segunda-feira (09), acompanhado do secretário adjunto