Porto Velho (RO) quinta-feira, 9 de abril de 2020
×
Gente de Opinião

Meio Ambiente

Embrapa Rondônia Integra projeto de espécies florestais na Amazônia



A Embrapa Rondônia desenvolve atividades de pesquisa com zoneamento edafoclimático, ou seja, a relação planta-solo-clima, para plantio de espécies florestais de rápido crescimento na Amazônia, visando estabelecer banco de dados informatizado para a seleção de sítios, ou seja, de locais ou regiões mais adequados a este plantio. Estas atividades fizeram parte do projeto Zoneamento edafoclimático para plantios de espécies florestais na Amazônia conduzido pela Embrapa Amazônia Ocidental (Manaus/AM), nos estados de Rondônia, Roraima, Amapá, Pará e Amazonas. 

Embrapa Rondônia Integra projeto de espécies florestais na Amazônia  - Gente de Opinião
Bandarra - uma das espécies florestais que se destacaram como crescimento rápido.


Em Rondônia inicialmente foram estudadas 16 espécies destacando-se Andiroba, Bandarra, Pinho Cuiabano, Sumaúma, Táxi Branco, Eucaliptus e Teca. Os resultados destes trabalhos possibilitaram conhecer o desempenho inicial das espécies florestais e as que apresentam potencial para plantios em florestamento ou reflorestamento na região, diz o pesquisador da Embrapa Rondônia, Abadio Hermes Vieira, responsável por estas atividades.

O plantio de espécies florestais adaptadas pode reduzir a pressão de exploração sobre as florestas nativas, o que contribui para a preservação da biodiversidade, sendo uma excelente opção ecológica de utilização da terra, em função do papel da árvore na melhoria e recuperação da qualidade do solo e proteção contra a erosão. Na Amazônia ainda são poucos os plantios comercias, devido à falta de conhecimento cientifico sobre o comportamento das espécies nativas e exóticas na região e a pouca disponibilidade de sementes de boa qualidade. Em função disso, ressalta Abadio, cresceu a importância dos plantios florestais na Amazônia, que surgem agora em função, da necessidade de recuperar áreas degradadas e da crescente escassez de matéria-prima. Vários plantios estão sendo executados no Estado, entretanto, salienta o pesquisador, ainda existem poucas informações sobre as espécies mais adequadas para cada área implantada.

Para isso a Embrapa Rondônia, Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, desenvolve atividades de pesquisa na área florestal visando atender a grande demanda da região amazônica.

A divulgação deste trabalho faz parte das ações do projeto “Estratégias de Comunicação para a divulgação científica de resultados da pesquisa florestal desenvolvida pela Embrapa na Amazônia Ocidental (ComCiência Florestal)”, conduzido pela Embrapa Rondônia com recursos do CNPq/PPG7. 

Fonte: EMBRAPA/RO - Daniela Garcia Collares (MTb/114/01 RR)


Mais Sobre Meio Ambiente

Ji-Paraná: prefeitura encerra atividade no lixão e passa a utilizar aterro sanitário

Ji-Paraná: prefeitura encerra atividade no lixão e passa a utilizar aterro sanitário

A Prefeitura de Ji-Paraná, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semeia), encerrou nesta segunda feira (06), as atividades no lixão munic

Acordo de R$ 2,7 milhões na Justiça do Trabalho viabilizará projetos sustentáveis em Presidente Médici/RO

Acordo de R$ 2,7 milhões na Justiça do Trabalho viabilizará projetos sustentáveis em Presidente Médici/RO

Um acordo no valor de R$ 2,7 milhões homologado pela Justiça do Trabalho em Ji-Paraná/RO beneficiará projetos sustentáveis que visam o tratamento e re

Rio Madeira ultrapassa os 15 metros, dois a menos que em 2019, afirma Defesa Civil

Rio Madeira ultrapassa os 15 metros, dois a menos que em 2019, afirma Defesa Civil

O rio Madeira atingiu na segunda-feira (9) a cota de 15,24 metros, um pouco acima da média (15 metros), mas longe de uma enchente como a registrada em

Prefeitura de Porto Velho alinha medidas para a realização do Amazônia + 21

Prefeitura de Porto Velho alinha medidas para a realização do Amazônia + 21

O prefeito Hildon Chaves se reuniu no Prédio do Relógio (sede do poder executivo) na manhã desta segunda-feira (09), acompanhado do secretário adjunto