Porto Velho (RO) segunda-feira, 30 de março de 2020
×
Gente de Opinião

Meio Ambiente

EMBRAPA Jornada de divulgação científica acontece em Porto Velho


 
A Embrapa Rondônia, Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento realiza eventos que visam reunir profissionais de comunicação e de áreas afins da pesquisa agropecuária, pesquisadores e estudantes para debater idéias sobre a importância da divulgação científica com linguagem acessível, em especial da ciência florestal para a sociedade.

A Jornada de Divulgação Científica da Ciência Florestal acontece nos dias 10 e 11 de abril, em Porto Velho, com apoio das Faculdades Uniron e Faro. Estão programados para o primeiro, reunião técnica das 8h30 às 12h, no auditório da Embrapa Rondônia, e Seminário de Sensibilização para a Divulgação Científica, das 19h às 21h, no auditório da Campus II da Uniron, aberto ao público. Na sexta-feira, a partir das 19h, este seminário será realizado na Faro.

Esses eventos contarão com a participação especial do professor e jornalista Mauro Celso Destácio, especialista em divulgação científica pelo Núcleo José Reis de Divulgação Científica da ECA/USP.

Paralelo à Jornada, a Embrapa Rondônia em parceira com a Uniron promove a oficina de divulgação científica e produção de spots sobre pesquisa florestal, nos dias 08 e 09, para acadêmicos do curso de comunicação social.

Os eventos fazem parte das atividades de capacitação do projeto “Estratégias de Comunicação para a divulgação científica de resultados da pesquisa florestal desenvolvida pela Embrapa na Amazônia Ocidental (ComCiência Florestal)”, conduzido pela Embrapa Rondônia com recursos do CNPq/PPG7. O projeto, liderado pela pesquisadora Vânia Beatriz de Oliveira, tem por objetivo divulgar resultados de pesquisa na área florestal na Amazônia, em especial pelas Unidades da Embrapa Rondônia e da Embrapa Amazônia Ocidental, sobre zoneamento edafoclimático de espécies florestais para reflorestamento e zoneamento de sistemas agroflorestais para a recuperação de áreas degradadas.

Vânia salienta que o projeto tem a idéia de contribuir para a popularização da ciência e fortalecimento da cidadania, por proporcionar aos públicos alvo, o acesso à informação em linguagem adequada, sobre os benefícios dessas tecnologias. “Levar ciência ao conhecimento do cidadão comum é um desafio que se apresenta aos cientistas e aos profissionais das áreas de comunicação e educação”, reforça a pesquisadora. 

Fonte: Embrapa Rondônia
Jornalista responsável: Daniela Garcia Collares (MTb/114/01 RR)
Estagiárias: Dalila Nogueira e Vanessa de Paula


Mais Sobre Meio Ambiente

Acordo de R$ 2,7 milhões na Justiça do Trabalho viabilizará projetos sustentáveis em Presidente Médici/RO

Acordo de R$ 2,7 milhões na Justiça do Trabalho viabilizará projetos sustentáveis em Presidente Médici/RO

Um acordo no valor de R$ 2,7 milhões homologado pela Justiça do Trabalho em Ji-Paraná/RO beneficiará projetos sustentáveis que visam o tratamento e re

Rio Madeira ultrapassa os 15 metros, dois a menos que em 2019, afirma Defesa Civil

Rio Madeira ultrapassa os 15 metros, dois a menos que em 2019, afirma Defesa Civil

O rio Madeira atingiu na segunda-feira (9) a cota de 15,24 metros, um pouco acima da média (15 metros), mas longe de uma enchente como a registrada em

Prefeitura de Porto Velho alinha medidas para a realização do Amazônia + 21

Prefeitura de Porto Velho alinha medidas para a realização do Amazônia + 21

O prefeito Hildon Chaves se reuniu no Prédio do Relógio (sede do poder executivo) na manhã desta segunda-feira (09), acompanhado do secretário adjunto

Policiais Militares do Batalhão Ambiental participam de oficina sobre Crimes Ambientais de Menor Potencial Ofensivo

Policiais Militares do Batalhão Ambiental participam de oficina sobre Crimes Ambientais de Menor Potencial Ofensivo

Sessenta Policiais Militares do Batalhão de Polícia Ambiental, de todo o Estado, participaram na manhã desta sexta-feira (28/2) da Oficina sobre