Porto Velho (RO) sexta-feira, 22 de fevereiro de 2019
×
Gente de Opinião

Meio Ambiente

Deputado defende moratória para desmatamento na Amazônia



O deputado Sarney Filho (PV-MA) defendeu uma moratória para desmatamento na Amazônia até que se concluam os processos de regularização fundiária e de zoneamento ecológico-econômico (ZEE) em todos os estados da região. Ao participar de audiência da Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, o deputado ressaltou que a floresta estoca gases do efeito estufa, apresenta grandes possibilidades de exploração da biodiversidade e interfere no regime de chuvas do País, o que afeta diretamente a agricultura.

"Não creio que desmatar a Amazônia seja necessário para a produção de alimentos. Pelo contrário, o desmatamento afeta o equilíbrio do clima, o que pode prejudicar a produção em outras regiões do País", disse.

Sarney Filho é autor de um projeto (PL 5398/05) que suspende por um ano a emissão de novas autorizações para o desmatamento da floresta, para que sejam realizados estudos e fiscalização nas áreas já degradadas e planos de manejo sustentável para aquelas em via de exploração.

Combate ao desmatamento

Na audiência, o deputado Moreira Mendes (PPS-RO) criticou as ações de combate ao desmatamento do governo federal, como a Operação Arco de Fogo (repressão a madeireiras ilegais a partir de atuação da Polícia Federal, da Força Nacional de Segurança e do Ibama). Segundo ele, o governo não apresenta propostas para beneficiar os desempregados com o fechamento das madeireiras.

"Temos que encontrar soluções efetivas. Quem quiser manter a floresta em pé tem que colocar a mão no bolso e pagar. É preciso ter compensação ambiental, mas não há projeto do governo nesse sentido", disse Mendes.

Pecuária

Já o deputado Homero Pereira (PR-MT) elogiou a proposta do governador de Mato Grosso, Blairo Maggi, de transformar pastagens degradadas em áreas de agricultura. "Essa é uma forma inteligente de recompor as áreas degradadas. Quando a pecuária voltar à área usada pela agricultura será possível intensificar a criação de gado."

Maggi disse na audiência que, com essa proposta, será possível aumentar a produtividade de 1 cabeça de gado por hectare/ano para 4 cabeças por hectare/ano.

A audiência foi encerrada há pouco. O evento foi sugerido pelos deputados Sarney Filho, Moreira Mendes e Homero Pereira.

Fonte: Agência Câmara

Mais Sobre Meio Ambiente

Colaboradores do Sistema Fecomércio/RO participam da 4º etapa de implantação do Programa ECOS de Sustentabilidade

Colaboradores do Sistema Fecomércio/RO participam da 4º etapa de implantação do Programa ECOS de Sustentabilidade

Colaboradores do Sistema Fecomércio/Sesc/Senac/IFPE, participaram no auditório da Federação durante dois dias, da 4° etapa da implantação do programa

Barragens de minérios: Onde estão as outras com alto potencial de estrago ou alto risco

Barragens de minérios: Onde estão as outras com alto potencial de estrago ou alto risco

O Brasil tem 790 barragens de rejeitos de minérios, e mais de 300 delas não foram classificadas em relação ao seu risco de rompimento e ao potencial d

Porto Velho: Prefeitura destrava recurso de compensação social para Aterro Sanitário

Porto Velho: Prefeitura destrava recurso de compensação social para Aterro Sanitário

Os R$ 4 milhões também servirão para elaborar o Plano Municipal de Saneamento Básico e o Plano de Gerenciamento de Resíduos SólidosMais uma vitória im

Brumadinho: Qualidade da água do rio Paraopeba é considerada ruim. Veja as imagens

Brumadinho: Qualidade da água do rio Paraopeba é considerada ruim. Veja as imagens

Ontem (31/01), a Fundação SOS Mata Atlântica deu início à Expedição Paraopeba, que irá percorrer 356 km deste rio, de Brumadinho à Hidroelétrica Retir