Porto Velho (RO) quinta-feira, 9 de abril de 2020
×
Gente de Opinião

Meio Ambiente

DANIEL PANOBIANCO: Temporais atingem Rondônia


O calor e a umidade formaram mais uma vez, nuvens muito carregadas sobre o sul da Amazônia nesta segunda-feira. Temporais intensos e localizados foram registrados em várias cidades, assim como previsto e alertado pelo CPTEC/INPE.
A chuva caiu com intensidade significativa em diversas cidades de Rondônia neste inicio de semana. Algumas chegaram a registrar mais de 30 milímetros de precipitação, como em alguns pontos de Ji-Paraná, Cujubim, Candeias do Jamarí, Ariquemes e Porto Velho. As tempestades de fim de tarde foram por demais localizadas, mas onde ocorreram, a intensidade foi bem significativa. Os maiores volumes foram em Cujubim, com picos de chuva de mais de 50 milímetros por hora, entre as 18 e 19 horas, assim como em parte do município de Ji-Paraná, que além do aguaceiro enfrentou muita atividade elétrica, com raios e trovoadas intensas. Em Ariquemes, a tempestade observada pouco depois das 20 horas criou grande enxurrada na zona urbana.
Em alguns pontos da cidade de Ji-Paraná, como no Segundo Distrito, poucos minutos de chuva forte resultaram em grandes enxurradas, principalmente na Avenida Brasil, principal via de acesso comercial da região.
Em Porto Velho, a primeira grande tempestade da temporada chegou por volta das 19 horas atingindo primeiro as Zonas Leste e Norte. Segundo o modelo hidroestimador de precipitação do CPTEC/INPE, vários pontos da capital de Rondônia registraram chuva acima de 30 milímetros por hora. A grande incidência de raios também chamou a atenção de quem mora na cidade. Durante todo o tempo, a RINDAT (Rede Integrada Nacional de Detecção de Descargas Atmosféricas) registrou grande quantidade de raios por toda a região. Alguns bairros registraram alagamentos de vias de acesso e falta de energia elétrica.
Previsão
A previsão do CPTEC/INPE continua enfocando na possibilidade de chuvas e trovoadas durante toda essa semana, com maiores probabilidades de chuva forte no centro, norte e oeste do Estado, pelo menos até sexta-feira. Mesmo com a chuva, o calor não dá trégua e alguns pontos inclusive, ainda sofrem com a longa estiagem. Na região a leste de Guajará-Mirim, a estiagem já dura quase 3 meses, sem registro de precipitação significativa. CLIQUE E ACOMPANHE A MUDANÇA DO CLIMA EM RONDÔNIA COM DANIEL PANOBIANCO.

Mais Sobre Meio Ambiente

Ji-Paraná: prefeitura encerra atividade no lixão e passa a utilizar aterro sanitário

Ji-Paraná: prefeitura encerra atividade no lixão e passa a utilizar aterro sanitário

A Prefeitura de Ji-Paraná, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semeia), encerrou nesta segunda feira (06), as atividades no lixão munic

Acordo de R$ 2,7 milhões na Justiça do Trabalho viabilizará projetos sustentáveis em Presidente Médici/RO

Acordo de R$ 2,7 milhões na Justiça do Trabalho viabilizará projetos sustentáveis em Presidente Médici/RO

Um acordo no valor de R$ 2,7 milhões homologado pela Justiça do Trabalho em Ji-Paraná/RO beneficiará projetos sustentáveis que visam o tratamento e re

Rio Madeira ultrapassa os 15 metros, dois a menos que em 2019, afirma Defesa Civil

Rio Madeira ultrapassa os 15 metros, dois a menos que em 2019, afirma Defesa Civil

O rio Madeira atingiu na segunda-feira (9) a cota de 15,24 metros, um pouco acima da média (15 metros), mas longe de uma enchente como a registrada em

Prefeitura de Porto Velho alinha medidas para a realização do Amazônia + 21

Prefeitura de Porto Velho alinha medidas para a realização do Amazônia + 21

O prefeito Hildon Chaves se reuniu no Prédio do Relógio (sede do poder executivo) na manhã desta segunda-feira (09), acompanhado do secretário adjunto