Segunda-feira, 15 de abril de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Meio Ambiente

DANIEL PANOBIANCO: Temporais atingem Rondônia


O calor e a umidade formaram mais uma vez, nuvens muito carregadas sobre o sul da Amazônia nesta segunda-feira. Temporais intensos e localizados foram registrados em várias cidades, assim como previsto e alertado pelo CPTEC/INPE.
A chuva caiu com intensidade significativa em diversas cidades de Rondônia neste inicio de semana. Algumas chegaram a registrar mais de 30 milímetros de precipitação, como em alguns pontos de Ji-Paraná, Cujubim, Candeias do Jamarí, Ariquemes e Porto Velho. As tempestades de fim de tarde foram por demais localizadas, mas onde ocorreram, a intensidade foi bem significativa. Os maiores volumes foram em Cujubim, com picos de chuva de mais de 50 milímetros por hora, entre as 18 e 19 horas, assim como em parte do município de Ji-Paraná, que além do aguaceiro enfrentou muita atividade elétrica, com raios e trovoadas intensas. Em Ariquemes, a tempestade observada pouco depois das 20 horas criou grande enxurrada na zona urbana.
Em alguns pontos da cidade de Ji-Paraná, como no Segundo Distrito, poucos minutos de chuva forte resultaram em grandes enxurradas, principalmente na Avenida Brasil, principal via de acesso comercial da região.
Em Porto Velho, a primeira grande tempestade da temporada chegou por volta das 19 horas atingindo primeiro as Zonas Leste e Norte. Segundo o modelo hidroestimador de precipitação do CPTEC/INPE, vários pontos da capital de Rondônia registraram chuva acima de 30 milímetros por hora. A grande incidência de raios também chamou a atenção de quem mora na cidade. Durante todo o tempo, a RINDAT (Rede Integrada Nacional de Detecção de Descargas Atmosféricas) registrou grande quantidade de raios por toda a região. Alguns bairros registraram alagamentos de vias de acesso e falta de energia elétrica.
Previsão
A previsão do CPTEC/INPE continua enfocando na possibilidade de chuvas e trovoadas durante toda essa semana, com maiores probabilidades de chuva forte no centro, norte e oeste do Estado, pelo menos até sexta-feira. Mesmo com a chuva, o calor não dá trégua e alguns pontos inclusive, ainda sofrem com a longa estiagem. Na região a leste de Guajará-Mirim, a estiagem já dura quase 3 meses, sem registro de precipitação significativa. CLIQUE E ACOMPANHE A MUDANÇA DO CLIMA EM RONDÔNIA COM DANIEL PANOBIANCO.

Gente de OpiniãoSegunda-feira, 15 de abril de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

Ibama define nova prioridade para enfrentar perdas na biodiversidade e a crise climática

Ibama define nova prioridade para enfrentar perdas na biodiversidade e a crise climática

Neste ano em que completa 35 anos, o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) comemora o impacto do trabalho

Megaoperação destrói infraestrutura criminosa na Terra Indígena Yanomami

Megaoperação destrói infraestrutura criminosa na Terra Indígena Yanomami

As Forças de Segurança do governo brasileiro estão em ação conjunta ao redor e dentro da Terra Indígena Yanomami para impedir atividades criminosas

Projeto do CIMCERO e TJ-RO amplia estrutura para beneficiar viveiros em Rondônia

Projeto do CIMCERO e TJ-RO amplia estrutura para beneficiar viveiros em Rondônia

A parceria entre o Consórcio Público Intermunicipal de Rondônia (CIMCERO) e o Tribunal de Justiça do Estado de Rondônia tem incentivado junto as pre

Gente de Opinião Segunda-feira, 15 de abril de 2024 | Porto Velho (RO)