Porto Velho (RO) quarta-feira, 19 de setembro de 2018
×
Gente de Opinião

Meio Ambiente

Da fumaça para o granizo em Curumbiara e Cerejeiras


Os dados dos modelos numéricos apontam para boa confiabilidade de temporais, localmente fortes em Rondônia nas próximas horas. Pelo menos até o final de semana, chuvas fortes, acompanhadas de raios, rajadas de ventos e possível precipitação de granizo não estão descartadas no Estado.
Daniel Panobianco – A última rodada dos modelos de previsão numérica do CPTEC/INPE apontou para a possibilidade de tempo severo no sul do Estado hoje e essa previsão já se confirmou com o registro de chuvas fortes, com granizo em Corumbiara e Cerejeiras, mesmo que de forma muito isolada. Os dados de agora também continuam mostrando para a possibilidade de chuva forte no Estado.

Da fumaça para o granizo: Corumbiara e Cerejeiras amanhecem sob precipitação de gelo
Nuvens carregadas cresceram na madrugada provocando pancadas de chuvas e trovoadas entre o norte de Mato Grosso e sul de Rondônia. Em alguns pontos, a chuva de granizo surpreendeu quem estava minutos antes, sob domínio da intensa fumaça das queimadas.
As instabilidades voltaram com tudo ao território rondoniense nas primeiras horas desta quarta-feira. As nuvens mais carregadas, que na noite de ontem já causaram fortes pancadas de chuvas, trovoadas e rajadas de ventos no norte de Mato Grosso, regiões de Juína e Aripuanã, segundo dados do CPTEC/INPE, conseguiram avançar durante a madrugada para o sul de Rondônia fechando o tempo. Diversas pancadas de chuvas, com algumas trovoadas esparsas foram observadas em Vilhena, Chupinguaia, Corumbiara, Cerejeiras, Colorado d’ Oeste, Cabixi e Pimenteiras do Oeste, sendo que entre Cerejeiras e Corumbiara, dados dos satélites e informações de moradores da cidade, confirmaram a existência de nuvens muito carregadas que provocaram precipitação de granizo. CLIQUE E ACOMPANHE A MUDANÇA DO TEMPO EM RONDÔNIA COM DANIEL PANOBIANCO.

Mais Sobre Meio Ambiente

SP corre risco de enfrentar crise hídrica mais grave que a de 2014

SP corre risco de enfrentar crise hídrica mais grave que a de 2014

O Sistema Cantareira, que abastece parte da capital paulista e da Região Metropolitana, estava com quase 60% da capacidade um ano antes da crise de 20

Novo marco legal do saneamento gera polêmica no setor

Novo marco legal do saneamento gera polêmica no setor

Agentes reguladores estão avaliando a medida provisória

Parque Ecológico Municipal recebe plantio de Ipê e Flamboyant

Parque Ecológico Municipal recebe plantio de Ipê e Flamboyant

Um grupo de 30 crianças da Fundação JiCred plantou mudas de ipê e flamboyant no Parque Ecológico Municipal. A ação foi realizada pelo Sistema Cooperat