Porto Velho (RO) quinta-feira, 9 de abril de 2020
×
Gente de Opinião

Meio Ambiente

Da fumaça para o granizo em Curumbiara e Cerejeiras


Os dados dos modelos numéricos apontam para boa confiabilidade de temporais, localmente fortes em Rondônia nas próximas horas. Pelo menos até o final de semana, chuvas fortes, acompanhadas de raios, rajadas de ventos e possível precipitação de granizo não estão descartadas no Estado.
Daniel Panobianco – A última rodada dos modelos de previsão numérica do CPTEC/INPE apontou para a possibilidade de tempo severo no sul do Estado hoje e essa previsão já se confirmou com o registro de chuvas fortes, com granizo em Corumbiara e Cerejeiras, mesmo que de forma muito isolada. Os dados de agora também continuam mostrando para a possibilidade de chuva forte no Estado.

Da fumaça para o granizo: Corumbiara e Cerejeiras amanhecem sob precipitação de gelo
Nuvens carregadas cresceram na madrugada provocando pancadas de chuvas e trovoadas entre o norte de Mato Grosso e sul de Rondônia. Em alguns pontos, a chuva de granizo surpreendeu quem estava minutos antes, sob domínio da intensa fumaça das queimadas.
As instabilidades voltaram com tudo ao território rondoniense nas primeiras horas desta quarta-feira. As nuvens mais carregadas, que na noite de ontem já causaram fortes pancadas de chuvas, trovoadas e rajadas de ventos no norte de Mato Grosso, regiões de Juína e Aripuanã, segundo dados do CPTEC/INPE, conseguiram avançar durante a madrugada para o sul de Rondônia fechando o tempo. Diversas pancadas de chuvas, com algumas trovoadas esparsas foram observadas em Vilhena, Chupinguaia, Corumbiara, Cerejeiras, Colorado d’ Oeste, Cabixi e Pimenteiras do Oeste, sendo que entre Cerejeiras e Corumbiara, dados dos satélites e informações de moradores da cidade, confirmaram a existência de nuvens muito carregadas que provocaram precipitação de granizo. CLIQUE E ACOMPANHE A MUDANÇA DO TEMPO EM RONDÔNIA COM DANIEL PANOBIANCO.

Mais Sobre Meio Ambiente

Ji-Paraná: prefeitura encerra atividade no lixão e passa a utilizar aterro sanitário

Ji-Paraná: prefeitura encerra atividade no lixão e passa a utilizar aterro sanitário

A Prefeitura de Ji-Paraná, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semeia), encerrou nesta segunda feira (06), as atividades no lixão munic

Acordo de R$ 2,7 milhões na Justiça do Trabalho viabilizará projetos sustentáveis em Presidente Médici/RO

Acordo de R$ 2,7 milhões na Justiça do Trabalho viabilizará projetos sustentáveis em Presidente Médici/RO

Um acordo no valor de R$ 2,7 milhões homologado pela Justiça do Trabalho em Ji-Paraná/RO beneficiará projetos sustentáveis que visam o tratamento e re

Rio Madeira ultrapassa os 15 metros, dois a menos que em 2019, afirma Defesa Civil

Rio Madeira ultrapassa os 15 metros, dois a menos que em 2019, afirma Defesa Civil

O rio Madeira atingiu na segunda-feira (9) a cota de 15,24 metros, um pouco acima da média (15 metros), mas longe de uma enchente como a registrada em

Prefeitura de Porto Velho alinha medidas para a realização do Amazônia + 21

Prefeitura de Porto Velho alinha medidas para a realização do Amazônia + 21

O prefeito Hildon Chaves se reuniu no Prédio do Relógio (sede do poder executivo) na manhã desta segunda-feira (09), acompanhado do secretário adjunto