Porto Velho (RO) quinta-feira, 21 de fevereiro de 2019
×
Gente de Opinião

Meio Ambiente

Coordenações da Defesa Civil de RO, AC e MT participam de oficina no Sipam


O Sistema de Proteção da Amazônia (Sipam) realiza nos dias 21 e 22 (quinta e sexta-feira) a II Oficina Pré-Cheia - eventos metereológicos, climáticos e hidrológicos críticos. O evento será realizado no Centro Técnico e Operacional (CTO) de Porto Velho, unidade do Sipam, e terá a participação das Coordenações de Defesa Civil de Rondônia, Acre e Mato Grosso.

Segundo o gerente do CTO de Porto Velho, José Neumar Silveira, o objetivo da oficina é "promover a integração dos organismos de Defesa Civil dos três Estados, subsidiar seus planos de ação para eventos críticos de cheia a partir da disponibilização de informações hidrológicas e meteorológicas que o Sipam elabora".

A chefe da divisão de Meteorologia e Climatologia do CTO de Porto Velho, Janete Odria Rodrigues, acredita que a Oficina Pré-Cheia "será um fórum de discussão, em que os participantes poderão trocar experiências de seus planos de contingência na época de cheia dos rios". Os participantes também terão espaço para apresentações das problemáticas das cidades que sofrem com as inundações e as soluções propostas pelos organismos de Defesa Civil.

Na região amazônica, as comunidades e as atividades econômicas têm forte ligação com os rios. A maioria das cidades foi desenvolvida a partir das margens de rios amazônicos. Hoje estas áreas de várzea são local onde uma camada da população mora e vive de atividades comerciais, geralmente de baixa renda. A cada ano, os organismos de Defesa Civil fazem remoção das populações atingidas com as cheias dos rios. "Para a prevenção dessas catástrofes naturais e cíclicas, deve-se considerar que os locais atualmente ocupados fazem parte da várzea natural do rio e não devem ser utilizados para atividades humanas", destaca Janete.

Fonte: Página 20

Mais Sobre Meio Ambiente

Colaboradores do Sistema Fecomércio/RO participam da 4º etapa de implantação do Programa ECOS de Sustentabilidade

Colaboradores do Sistema Fecomércio/RO participam da 4º etapa de implantação do Programa ECOS de Sustentabilidade

Colaboradores do Sistema Fecomércio/Sesc/Senac/IFPE, participaram no auditório da Federação durante dois dias, da 4° etapa da implantação do programa

Barragens de minérios: Onde estão as outras com alto potencial de estrago ou alto risco

Barragens de minérios: Onde estão as outras com alto potencial de estrago ou alto risco

O Brasil tem 790 barragens de rejeitos de minérios, e mais de 300 delas não foram classificadas em relação ao seu risco de rompimento e ao potencial d

Porto Velho: Prefeitura destrava recurso de compensação social para Aterro Sanitário

Porto Velho: Prefeitura destrava recurso de compensação social para Aterro Sanitário

Os R$ 4 milhões também servirão para elaborar o Plano Municipal de Saneamento Básico e o Plano de Gerenciamento de Resíduos SólidosMais uma vitória im

Brumadinho: Qualidade da água do rio Paraopeba é considerada ruim. Veja as imagens

Brumadinho: Qualidade da água do rio Paraopeba é considerada ruim. Veja as imagens

Ontem (31/01), a Fundação SOS Mata Atlântica deu início à Expedição Paraopeba, que irá percorrer 356 km deste rio, de Brumadinho à Hidroelétrica Retir