Porto Velho (RO) sábado, 22 de setembro de 2018
×
Gente de Opinião

Meio Ambiente

Coordenações da Defesa Civil de RO, AC e MT participam de oficina no Sipam


O Sistema de Proteção da Amazônia (Sipam) realiza nos dias 21 e 22 (quinta e sexta-feira) a II Oficina Pré-Cheia - eventos metereológicos, climáticos e hidrológicos críticos. O evento será realizado no Centro Técnico e Operacional (CTO) de Porto Velho, unidade do Sipam, e terá a participação das Coordenações de Defesa Civil de Rondônia, Acre e Mato Grosso.

Segundo o gerente do CTO de Porto Velho, José Neumar Silveira, o objetivo da oficina é "promover a integração dos organismos de Defesa Civil dos três Estados, subsidiar seus planos de ação para eventos críticos de cheia a partir da disponibilização de informações hidrológicas e meteorológicas que o Sipam elabora".

A chefe da divisão de Meteorologia e Climatologia do CTO de Porto Velho, Janete Odria Rodrigues, acredita que a Oficina Pré-Cheia "será um fórum de discussão, em que os participantes poderão trocar experiências de seus planos de contingência na época de cheia dos rios". Os participantes também terão espaço para apresentações das problemáticas das cidades que sofrem com as inundações e as soluções propostas pelos organismos de Defesa Civil.

Na região amazônica, as comunidades e as atividades econômicas têm forte ligação com os rios. A maioria das cidades foi desenvolvida a partir das margens de rios amazônicos. Hoje estas áreas de várzea são local onde uma camada da população mora e vive de atividades comerciais, geralmente de baixa renda. A cada ano, os organismos de Defesa Civil fazem remoção das populações atingidas com as cheias dos rios. "Para a prevenção dessas catástrofes naturais e cíclicas, deve-se considerar que os locais atualmente ocupados fazem parte da várzea natural do rio e não devem ser utilizados para atividades humanas", destaca Janete.

Fonte: Página 20

Mais Sobre Meio Ambiente

SP corre risco de enfrentar crise hídrica mais grave que a de 2014

SP corre risco de enfrentar crise hídrica mais grave que a de 2014

O Sistema Cantareira, que abastece parte da capital paulista e da Região Metropolitana, estava com quase 60% da capacidade um ano antes da crise de 20

Novo marco legal do saneamento gera polêmica no setor

Novo marco legal do saneamento gera polêmica no setor

Agentes reguladores estão avaliando a medida provisória

Parque Ecológico Municipal recebe plantio de Ipê e Flamboyant

Parque Ecológico Municipal recebe plantio de Ipê e Flamboyant

Um grupo de 30 crianças da Fundação JiCred plantou mudas de ipê e flamboyant no Parque Ecológico Municipal. A ação foi realizada pelo Sistema Cooperat