Porto Velho (RO) quarta-feira, 19 de setembro de 2018
×
Gente de Opinião

Meio Ambiente

Conservacionistas tentam convencer população a não caçar jacarés


GABRIEL ALVES
FOLHA DE SÃO PAULO

  Leonardo Merçon/Projeto Caiman  
Gente de Opinião
Jacaré-do-papo-amarelo, nativo da mata atlântica

Os bichões podem passar dos dois metros de comprimento, comem de tudo um pouco (até uns aos outros) e, mais importante do que qualquer uma dessas coisas, são fundamentais para a conservação do que resta de seu habitat, a mata atlântica.

Trata-se dos jacarés-de papo-amarelo. Com a degradação do ambiente natural (reduzido a cerca de um décimo da área original), assim como outras espécies, o réptil crocodiliano tem sua continuidade como espécie ameaçada e a caça é um dos motivos.

É o que diz o médico veterinário Yhuri Nóbrega, do Projeto Caiman, sediado em Vitória, no Espírito Santo. "É uma questão difícil de abordar porque é cultural. Em qualquer atividade que fazemos ou palestras que proferimos, vemos que ou as pessoas já comeram carne de jacaré ou conhecem alguém que o fez", relata.

Mais Sobre Meio Ambiente

SP corre risco de enfrentar crise hídrica mais grave que a de 2014

SP corre risco de enfrentar crise hídrica mais grave que a de 2014

O Sistema Cantareira, que abastece parte da capital paulista e da Região Metropolitana, estava com quase 60% da capacidade um ano antes da crise de 20

Novo marco legal do saneamento gera polêmica no setor

Novo marco legal do saneamento gera polêmica no setor

Agentes reguladores estão avaliando a medida provisória

Parque Ecológico Municipal recebe plantio de Ipê e Flamboyant

Parque Ecológico Municipal recebe plantio de Ipê e Flamboyant

Um grupo de 30 crianças da Fundação JiCred plantou mudas de ipê e flamboyant no Parque Ecológico Municipal. A ação foi realizada pelo Sistema Cooperat