Porto Velho (RO) sexta-feira, 22 de fevereiro de 2019
×
Gente de Opinião

Meio Ambiente

Cahulla participa de Encontro da Agroindústria e confirma maior investimento



“Queremos somar com os produtores, para que eles possam produzir mais, melhorar a qualidade de seus produtos, industrializar, e consequentemente, aumentar sua produção e renda”. A afirmação foi feita pelo governador em exercício, João Cahulla, ao participar na manhã desta sexta-feira (11), no auditório Ariquemes, do 2º Encontro Regional da Agroindústria.

O evento é uma realização da Secretaria de Estado da Agricultura (Seagri) e tem como objetivo despertar os produtores rurais da agricultura familiar com o lançamento do Selo Nossa Terra, do Governo do Estado. O selo, por sua vez, tem como meta, agregar valor aos produtos desenvolvidos em Rondônia. A solenidade também contou com assinatura de convênios no valor de R$ 130 mil com os municípios de Ariquemes e Alto Paraíso.

Cahulla confirma mais investimentos na agroindústria

No encontro, Cahulla confirmou a informação repassada pelo deputado Tiziu Jidalias (PP Ariquemes), que, a partir de janeiro próximo, o orçamento para a agroindústria vai dobrar, de R$ 2,5 milhões para R$ 5 milhões. Também falou sobre o aumento de implementos agrícolas para os agricultores familiares, e destacou que o Encontro realizado pela Seagri, adiciona conhecimento aos produtores rurais, considerando a iniciativa de suma importância para o setor, “porque não tenho dúvida que a agroindústria vai crescer cada vez mais em nosso Estado”, sentenciou.

Em sua oportunidade, o deputado Tiziu Jidalias, líder do Governo na Assembléia Legislativa do Estado (ALE), lembrou que o fomento à agroindústria regional já era proposto em sua campanha eleitoral e se declarou enormemente satisfeito ao ver este sonho realizado. Ressaltou também que o programa tem sido tão eficaz no Estado que tem despertado interesse até dos colegas parlamentares.

Valorização dos produtos

Além de anunciar o aumento no orçamento do Governo do Estado para a agroindústria da Região, Tiziu revelou ainda que no próximo ano, 100% de suas emendas serão voltadas para o setor. E com mostras de produtos confeccionados pelas agroindústrias indicadas por ele através de emendas de sua autoria, o deputado ressaltou que “a partir do lançamento do selo de qualidade, os 52 municípios do Estado podem produzir e agregar valores a seus produtos em Rondônia, e não irão perder espaço para os que vêm de outros estados”.

Para o secretário de Agricultura, Carlos Magno, o lançamento do selo no Encontro Regional prova o compromisso que o Governo do Estado tem tido com os produtores rurais, através da priorização da agroindústria. “Nossa meta é que o agricultor familiar deixe de ser apenas produtor de matéria prima e passe a ser produtor final”, salientou o secretário.  

Fonte: Decom

Mais Sobre Meio Ambiente

Colaboradores do Sistema Fecomércio/RO participam da 4º etapa de implantação do Programa ECOS de Sustentabilidade

Colaboradores do Sistema Fecomércio/RO participam da 4º etapa de implantação do Programa ECOS de Sustentabilidade

Colaboradores do Sistema Fecomércio/Sesc/Senac/IFPE, participaram no auditório da Federação durante dois dias, da 4° etapa da implantação do programa

Barragens de minérios: Onde estão as outras com alto potencial de estrago ou alto risco

Barragens de minérios: Onde estão as outras com alto potencial de estrago ou alto risco

O Brasil tem 790 barragens de rejeitos de minérios, e mais de 300 delas não foram classificadas em relação ao seu risco de rompimento e ao potencial d

Porto Velho: Prefeitura destrava recurso de compensação social para Aterro Sanitário

Porto Velho: Prefeitura destrava recurso de compensação social para Aterro Sanitário

Os R$ 4 milhões também servirão para elaborar o Plano Municipal de Saneamento Básico e o Plano de Gerenciamento de Resíduos SólidosMais uma vitória im

Brumadinho: Qualidade da água do rio Paraopeba é considerada ruim. Veja as imagens

Brumadinho: Qualidade da água do rio Paraopeba é considerada ruim. Veja as imagens

Ontem (31/01), a Fundação SOS Mata Atlântica deu início à Expedição Paraopeba, que irá percorrer 356 km deste rio, de Brumadinho à Hidroelétrica Retir