Porto Velho (RO) segunda-feira, 24 de setembro de 2018
×
Gente de Opinião

Meio Ambiente

Batalhão Ambiental flagra matança de botos


 

Elaíze Farias
 A Crítica

Sete pessoas foram flagradas no final da manhã do último sábado (21) tentando abater botos em uma área do Cacau Pireira, no município de Iranduba. As pessoas foram identificadas como Pedro Amaral de Oliveira, 40, João Carvalho Duarte, 55, Raimundo Sobreira da Silva, 39, Ilzemar da Silva Leite, 35, João Trindade da Silva, 39, Erinaldo Pereira de Araújo, 41 e um menor, de 17 anos.

Os pescadores foram flagrados pelo policiamento ambiental que monitorava a área neste sábado.

Os animais estavam sendo abatidos para que suas carnes sejam transformadas em iscas do peixe piracatinga, que em Manaus é vendido com o nome de douradinha.

Segundo o chefe da operação, tenente Marcos Pires, os pescadores presos serão encaminhados ao posto do Batalhão, que fica na Marina do Davi. Eles já ficarão no local até segunda-feira (23), quando serão encaminhados para a Delegacia Especializada em Meio Ambiente (Dema).

Flagrante

Conforme Pires, no momento da chegada dos fiscais, foi observado que oito botos estavam sendo cercados pelos pescadores. Os fiscais conseguiram dispersar os animais.

Dois dos mamíferos aquáticos, contudo, ficaram presos nas redes. Um foi solto pelos fiscais mas o outro, atingido por um arpão, morreu.

O corpo do boto foi trazido a Manaus por veterinários do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa).

Nesta semana, o chefe de fiscalização do Ibama, Jérffenson Lobato, informou ao portal acritica.com que o consumo de douradinha tem incentivado o abate de botos nas calhas dos rios amazônicos.

Os peixes abastecem supermercados e lojas especializadas de Manaus. O animal também é exportado para o exterior e o mercado paulista.

Foto ilustrativa: Gentedeopinião
 

Mais Sobre Meio Ambiente

SP corre risco de enfrentar crise hídrica mais grave que a de 2014

SP corre risco de enfrentar crise hídrica mais grave que a de 2014

O Sistema Cantareira, que abastece parte da capital paulista e da Região Metropolitana, estava com quase 60% da capacidade um ano antes da crise de 20

Novo marco legal do saneamento gera polêmica no setor

Novo marco legal do saneamento gera polêmica no setor

Agentes reguladores estão avaliando a medida provisória

Parque Ecológico Municipal recebe plantio de Ipê e Flamboyant

Parque Ecológico Municipal recebe plantio de Ipê e Flamboyant

Um grupo de 30 crianças da Fundação JiCred plantou mudas de ipê e flamboyant no Parque Ecológico Municipal. A ação foi realizada pelo Sistema Cooperat