Porto Velho (RO) quarta-feira, 1 de abril de 2020
×
Gente de Opinião

Meio Ambiente

BARRAGEM DO APERTADINHO: Sedam quer reparação ambiental


A preocupação com os danos ambientais ocasionados pelo rompimento da barragem da PCH Apertadinho, localizada no rio Melgaço, Km 51, na cidade de Vilhena, em construção, levou a Secretaria de Desenvolvimento Ambiental (Sedam), a notificar a empresa responsável pela obra a apresentar, no prazo de 30 dias, laudo técnico, com plano de reparação de danos ambientais. Na última segunda-feira (14), o secretário adjunto da Sedam, Cletho Muniz, recebeu avaliação parcial da equipe técnica sobre o rompimento da barragem, e se reuniu com técnicos para analisar os danos ambientais.

Os técnicos da Sedam informaram que a barragem não suportou a pressão da coluna d’água e estourou, com isso destruiu as matas ciliares e arrastou pontes ao longo do trecho do rio Comemoração. “As razões estão sendo investigadas para saber a dimensão dos impactos causados pelo rompimento”, disse o geólogo José Trajano, responsável pela vistoria técnica. Após a reunião, Cletho Brito, solicitou a Delegacia Ambiental a instauração de processo criminal para apurar as causas e responsabilizar os culpados pelos danos ambientais causados.

Segundo o delegado da Delegacia Especializada Contra o Meio Ambiente, Raimundo Mendes, a Delegacia auxiliará a policia de Vilhena na elucidação dos fatos e na identificação das causas que contribuíram para os danos materiais e ambientais. “Será feita perícia criminal no local com objetivo de identificar os responsáveis pelas possíveis falhas e erros na execução da obra”, completou o delegado.

Quando o episódio ocorreu (09/01), o secretário da Sedam, Augustinho Pastore, encontrava-se em Vilhena. Imediatamente ele determinou que a equipe, formada por técnicos de Porto Velho e Vilhena, vistoriassem o local para que o órgão pudesse tomar as medidas cabíveis. 
 
Fonte: DECOM

Mais Sobre Meio Ambiente

Acordo de R$ 2,7 milhões na Justiça do Trabalho viabilizará projetos sustentáveis em Presidente Médici/RO

Acordo de R$ 2,7 milhões na Justiça do Trabalho viabilizará projetos sustentáveis em Presidente Médici/RO

Um acordo no valor de R$ 2,7 milhões homologado pela Justiça do Trabalho em Ji-Paraná/RO beneficiará projetos sustentáveis que visam o tratamento e re

Rio Madeira ultrapassa os 15 metros, dois a menos que em 2019, afirma Defesa Civil

Rio Madeira ultrapassa os 15 metros, dois a menos que em 2019, afirma Defesa Civil

O rio Madeira atingiu na segunda-feira (9) a cota de 15,24 metros, um pouco acima da média (15 metros), mas longe de uma enchente como a registrada em

Prefeitura de Porto Velho alinha medidas para a realização do Amazônia + 21

Prefeitura de Porto Velho alinha medidas para a realização do Amazônia + 21

O prefeito Hildon Chaves se reuniu no Prédio do Relógio (sede do poder executivo) na manhã desta segunda-feira (09), acompanhado do secretário adjunto

Policiais Militares do Batalhão Ambiental participam de oficina sobre Crimes Ambientais de Menor Potencial Ofensivo

Policiais Militares do Batalhão Ambiental participam de oficina sobre Crimes Ambientais de Menor Potencial Ofensivo

Sessenta Policiais Militares do Batalhão de Polícia Ambiental, de todo o Estado, participaram na manhã desta sexta-feira (28/2) da Oficina sobre