Porto Velho (RO) sábado, 22 de setembro de 2018
×
Gente de Opinião

Meio Ambiente

ARIQUEMES: IDARON intensifica ações de prevenção do Mal da Vaca Louca


 
A Agência de Defesa Sanitária Agrosilvopastoril de Rondônia (IDARON) em Ariquemes, está intensificando ações junto a criadores da região do grande Vale do Jamari para a prevenção do “Mal da vaca Louca”. A IDARON está colocando em prática a Instrução Normativa número 41, de 08 de outubro de 2009, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), que aborda sobre os procedimentos a serem adotados na fiscalização de alimentos para ruminantes (bois, vacas, búfalos, ovelhas, cabritos e carneiros) em propriedades rurais. 

No Brasil é proibida a produção, comercialização e utilização de produtos destinados à alimentação de ruminantes que contenham na composição, proteínas e gorduras de origem animal. Desde outubro último é dado um novo destino aos bichos que ingerirem alimentos proibidos. A principal determinação destaca que aqueles que tiverem acesso à alimentação composta por produtos e subprodutos de origem animal serão abatidos em até 30 dias após a constatação da irregularidade, ou ao término desse prazo, serão abatidos na propriedade. 

De acordo com Murilo Brenow, veterinário e fiscal de defesa em Ariquemes, o órgão regularmente faz a fiscalização de determinados alimentos fornecidos aos bovinos, bubalinos, ovinos e caprinos do Estado. “O objetivo dessa fiscalização é recolher amostras nas propriedades para análise laboratorial. Se for constatado o uso dessa alimentação irregular, os animais serão identificados e o local interditado até que saia o resultado final” disse Murilo Brenow. 

Fonte: Mateus Andrade

Mais Sobre Meio Ambiente

SP corre risco de enfrentar crise hídrica mais grave que a de 2014

SP corre risco de enfrentar crise hídrica mais grave que a de 2014

O Sistema Cantareira, que abastece parte da capital paulista e da Região Metropolitana, estava com quase 60% da capacidade um ano antes da crise de 20

Novo marco legal do saneamento gera polêmica no setor

Novo marco legal do saneamento gera polêmica no setor

Agentes reguladores estão avaliando a medida provisória

Parque Ecológico Municipal recebe plantio de Ipê e Flamboyant

Parque Ecológico Municipal recebe plantio de Ipê e Flamboyant

Um grupo de 30 crianças da Fundação JiCred plantou mudas de ipê e flamboyant no Parque Ecológico Municipal. A ação foi realizada pelo Sistema Cooperat