Porto Velho (RO) domingo, 29 de março de 2020
×
Gente de Opinião

Meio Ambiente

Amorim pede fim da exportação do boi vivo para manter empregos em Rondônia


   

A proibição da exportação do boi vivo em Rondônia foi pedida hoje (9) pelo deputado federal Ernandes Amorim (PTB) ao governo do Estado, como forma de evitar fechamento de frigoríficos em Rondônia, com demissão já anunciada em pelo menos três municípios, e diminuição da receita – a pecuária é um dos responsáveis pelo crescimento da arrecadação -. Essa medida vem sendo defendida pelo parlamentar desde o ano passado.

"Já havíamos alertado ao governo estadual que a liberação da venda de animais vivos para outros estados iria prejudicar o agronegócio em Rondônia, como de fato está ocorrendo com a suspensão de atividades do grupo Margen no Estado, em função da escassez de animais para o abate. Por essa razão estamos reiterando que o estado proíba imediatamente a venda de animais vivos para outros estados. Esse mesmo apelo estou endereçando à Assembléia Legislativa, pois o setor responsável por emprego e receita está sendo prejudicado e, conseqüentemente, a população que ficará sem emprego e renda", afirma Amorim.

Desde o ano passado que o parlamentar tem alertado tanto aos governos estadual e federal que a ausência de linhas de crédito e de políticas públicas claras para a agropecuária iria gerar nova crise no setor, agravada ainda mais com a liberação em Rondônia da venda de animais vivos para outros estados

Nesse quadro, antevia o parlamentar, seria provocado desabastecimento no mercado – o que infelizmente se comprovou - e, como conseqüência, o aumento de preços ao consumidor. No que pese a evolução da pecuária em Rondônia, que detém um plantel bovino em mais de 11 milhões de cabeças, a atividade, segundo Amorim, tem sido de contrastes.

"Temos pasto o suficiente para a produção de carne. Agora, nessa época de sustentabilidade ambiental, com escassez de animais, frigoríficos fechando eu temo até pelo aumento das queimadas, já que o pasto ocioso, alguns queiram usar para outras atividades. Espero que o governo estadual e nossa Assembléia Legislativa se unam juntamente com a bancada federal para evitar essa nova crise. E aguardo que a primeira medida, a proibição imediata da venda de animais vivos para outros estados seja adotada em Rondônia", afirma Amorim.

Fonte: Yodon Guedes

Mais Sobre Meio Ambiente

Acordo de R$ 2,7 milhões na Justiça do Trabalho viabilizará projetos sustentáveis em Presidente Médici/RO

Acordo de R$ 2,7 milhões na Justiça do Trabalho viabilizará projetos sustentáveis em Presidente Médici/RO

Um acordo no valor de R$ 2,7 milhões homologado pela Justiça do Trabalho em Ji-Paraná/RO beneficiará projetos sustentáveis que visam o tratamento e re

Rio Madeira ultrapassa os 15 metros, dois a menos que em 2019, afirma Defesa Civil

Rio Madeira ultrapassa os 15 metros, dois a menos que em 2019, afirma Defesa Civil

O rio Madeira atingiu na segunda-feira (9) a cota de 15,24 metros, um pouco acima da média (15 metros), mas longe de uma enchente como a registrada em

Prefeitura de Porto Velho alinha medidas para a realização do Amazônia + 21

Prefeitura de Porto Velho alinha medidas para a realização do Amazônia + 21

O prefeito Hildon Chaves se reuniu no Prédio do Relógio (sede do poder executivo) na manhã desta segunda-feira (09), acompanhado do secretário adjunto

Policiais Militares do Batalhão Ambiental participam de oficina sobre Crimes Ambientais de Menor Potencial Ofensivo

Policiais Militares do Batalhão Ambiental participam de oficina sobre Crimes Ambientais de Menor Potencial Ofensivo

Sessenta Policiais Militares do Batalhão de Polícia Ambiental, de todo o Estado, participaram na manhã desta sexta-feira (28/2) da Oficina sobre