Porto Velho (RO) segunda-feira, 10 de agosto de 2020
×
Gente de Opinião

Hidrelétricas do Madeira

Tendência é manutenção de parceria Furnas/Odebrecht


Segundo Tolmasquim, para isso, construtora teria que abrir mão da cláusula contratual que impede participação de outras estatais federais no negócio
O governo está a caminho de encontrar uma solução sobre a parceria entre Furnas e a Odebrecht para a disputa das usinas do complexo do Rio Madeira (6.494 MW). Segundo o presidente da Empresa de Pesquisa Energética, Mauricio Tolmasquim, informou nesta segunda-feira, dia 13 de agosto, a tendência é que se permita a união das empresas, de acordo com o contrato firmado entre as partes, desde que a construtora abra mão da cláusula contratual que impede a participação de outras estatais federais no negócio, através de outros consórcios.
Se a tendência for confirmada, apenas o BNDESpar ficará na condição de sócio estratégico do vencedor da licitação. O leilão da usina Santo Antônio (RO,3.168 MW), a primeira das duas hidrelétricas do complexo, está marcado para o dia 30 de outubro. A proposta de modelagem da licitação, divulgada pelo Ministério de Minas e Energia na última sexta-feira, dia 10 de agosto, não trazia nenhuma informação sobre a participação de Furnas no negócio.
"Ainda não existe uma decisão, mas esta é a tendência", comentou Tolmasquim, acrescentando que a questão está sendo discutida pela área jurídica da Casa Civil. Sobre a limitação em 20% para a participação de construtoras e fornecedores de equipamentos nos consórcios que pretendem entrar na disputa, ele contou que esta foi uma proposta feita pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social. Segundo ele, está é uma alternativa que visa a otimizar os custos do projeto, evitando choques de interesses.
Fonte: Da Agência CanalEnergia, Negócios

Mais Sobre Hidrelétricas do Madeira

Iniciadas as obras de proteção das margens do rio na região da Madeira-Mamoré

Iniciadas as obras de proteção das margens do rio na região da Madeira-Mamoré

A população de Porto Velho pode comemorar o início das obras que fazem parte do importante projeto de revitalização do complexo da Estrada de Ferro

Hidrelétrica Santo Antônio completa quatro anos de geração

Hidrelétrica Santo Antônio completa quatro anos de geração

Porto Velho, março de 2016.Dia 30 de março marca os quatro anos desde o início de geração da Hidrelétrica Santo Antônio, localizada no rio Madeira, em

Estudantes de engenharia elétrica do acre visitam Jirau

O canteiro de obras da Usina Hidrelétrica Jirau foi cenário de estudo dos estudantes do primeiro período do curso de Engenharia Elétrica da Universida

Governo faz mega desapropriação em Belo Monte

BRASÍLIA – A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) formalizou na última terça-feira (3) a última desapropriação de terras para a construção da