Porto Velho (RO) sexta-feira, 7 de agosto de 2020
×
Gente de Opinião

Hidrelétricas do Madeira

RIO MADEIRA: Light quer cinco distribuidoras no consórcio


José Luiz Alquéres disse que convidou CPFL, Cemig, Endesa, Neoenergia e Energias do Brasil para integrarem sociedade por meio de subsidiárias

O consórcio encabeçado pela Light para a disputa pela usina de Santo Antônio (RO, 3.168 MW), do complexo hidrelétrico do Rio Madeira, deve ser composto por cinco grandes empresas de distribuição, segundo informou o presidente da distribuidora, José Luis Alquéres. O executivo afirmou que duas distribuidoras estão mais próximas de ingressar no consórcio e que a Light está buscando mais outras duas parceiras para entrarem no negócio. Entretanto, o executivo não quis revelar quais seriam essas empresas.

Alquéres listou quais companhias foram convidadas a participarem do consórcio com alguma de suas distribuidoras subsidiárias: CPFL, Cemig, Endesa, Neoenergia e Energias do Brasil. Ele adiantou apenas que a CPFL e a Cemig estão estudando a participação no consórcio, mas que essas empresas também receberam propostas de outros empreendedores.

O diretor explicou que a proposta prevê que 51% do empreendimento seja financiado pelas empresas, sendo que cada uma teria a mesma participação, e que os outros 49% sejam financiados pelo agente do estado.

"A idéia é que a presidência do consórcio seja rotativa. Com a maioria do capital sendo proveniente do setor privado, fica mais fácil gerenciar o empreendimento", afirmou o presidente da companhia.

Alquéres explicou ainda que para construir Santo Antônio a Light teria que aumentar seus investimentos em apenas 20%, o que não comprometeria outros negócios da empresa. Para o executivo, investir nas usinas do Rio Madeira é essencial porque em caso de falta de energia, além dos consumidores, as distribuidoras serão uma das maiores prejudicadas.

Fonte: Carolina Medeiros, da Agência CanalEnergia

Mais Sobre Hidrelétricas do Madeira

Iniciadas as obras de proteção das margens do rio na região da Madeira-Mamoré

Iniciadas as obras de proteção das margens do rio na região da Madeira-Mamoré

A população de Porto Velho pode comemorar o início das obras que fazem parte do importante projeto de revitalização do complexo da Estrada de Ferro

Hidrelétrica Santo Antônio completa quatro anos de geração

Hidrelétrica Santo Antônio completa quatro anos de geração

Porto Velho, março de 2016.Dia 30 de março marca os quatro anos desde o início de geração da Hidrelétrica Santo Antônio, localizada no rio Madeira, em

Estudantes de engenharia elétrica do acre visitam Jirau

O canteiro de obras da Usina Hidrelétrica Jirau foi cenário de estudo dos estudantes do primeiro período do curso de Engenharia Elétrica da Universida

Governo faz mega desapropriação em Belo Monte

BRASÍLIA – A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) formalizou na última terça-feira (3) a última desapropriação de terras para a construção da