Porto Velho (RO) segunda-feira, 3 de agosto de 2020
×
Gente de Opinião

Hidrelétricas do Madeira

Raupp comemora anúncio do leilão da Usina de Sto.Antônio


O líder do PMDB no Senado Federal, Valdir Raupp (PMDB-RO) comemorou, nesta segunda-feira, em Plenário o anúncio feito pelo Ministério de Minas e Energia, de que o leilão de compra de energia elétrica gerada pela futura Usina de Santo Antônio será realizado no próximo 30 de outubro.

Para ele, a notícia não poderia ser melhor para os rondonienses, “após anos de incertezas e atrasos ao longo dos quais não me cansei de levantar a bandeira da importância para Rondônia e para o Brasil das hidrelétricas projetadas para o rio Madeira”.

Acrescentou o senador que “o anúncio do leilão dessa hidrelétrica é o início de um passo decisivo que o governo federal tem dado em busca da aceleração do crescimento  e os primeiros efeitos já começamos a sentir com o aumento de 4,8 por cento da produção industrial no primeiro semestre deste ano”.

“Devemos festejar esta notícia depois de tanto tempo de expectativa e esperanças frustradas pelas perspectivas alentadoras que a construção dessa hidrelétrica traz no que diz respeito as nossas necessidades de crescimento econômico, e os legítimos desejos de prosperidade de nossa gente”, frisou o senador Raupp.

O senador afirmou estar bastante contente com este anúncio que é compartilhado por todos os rondonienses prontos a se engajarem nesta grande obra, que somada a de Jirau  vai gerar  entre 30 a 50 mil   empregos diretos e indiretos.

Lembrou que Porto Velho, a capital do estado, está recebendo de convênios federais recursos da ordem de mais de R$ 500 milhões para investimentos em saneamento básico e  habitação. “São obras importantes para sustentar o impacto que a construção dessa duas usinas vai gerar na capital e nos demais municípios do estado’’.

Afirmou que as usinas, antes do início da construção já estão trazendo benefícios para o município de Porto Velho, a exemplo dessas obras de infra-estrutura e urbanização das áreas periféricas. “O desenvolvimento econômico gerado por essas obras vai se estender por todo o estado de Rondônia, já na sua fase  de construção. “Nos próximos dias, o governo federal vai firmar convênios com cidades  que tenham abaixo de 150 mil habitantes  o que significa que o desenvolvimento vai chegar a todo o estado.

No final do seu discurso, o líder peemedebista destacou que espera  retornar  em breve a tribuna  para comentar o  anúncio  do leilão da usina de Jirau. De acordo com o senador, as usinas de Santo Antônio e de Jirau serão construídas com investimentos da ordem de R$ 20 bilhões.

Fonte: José Ribamar

Mais Sobre Hidrelétricas do Madeira

Iniciadas as obras de proteção das margens do rio na região da Madeira-Mamoré

Iniciadas as obras de proteção das margens do rio na região da Madeira-Mamoré

A população de Porto Velho pode comemorar o início das obras que fazem parte do importante projeto de revitalização do complexo da Estrada de Ferro

Hidrelétrica Santo Antônio completa quatro anos de geração

Hidrelétrica Santo Antônio completa quatro anos de geração

Porto Velho, março de 2016.Dia 30 de março marca os quatro anos desde o início de geração da Hidrelétrica Santo Antônio, localizada no rio Madeira, em

Estudantes de engenharia elétrica do acre visitam Jirau

O canteiro de obras da Usina Hidrelétrica Jirau foi cenário de estudo dos estudantes do primeiro período do curso de Engenharia Elétrica da Universida

Governo faz mega desapropriação em Belo Monte

BRASÍLIA – A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) formalizou na última terça-feira (3) a última desapropriação de terras para a construção da