Porto Velho (RO) sexta-feira, 7 de agosto de 2020
×
Gente de Opinião

Hidrelétricas do Madeira

Governo de Rondônia volta a questionar licenciamento de Jirau


 
O governo de Rondônia voltou a questionar o processo de licenciamento da usina hidrelétrica de Jirau, no rio Madeira.  Em ofício enviado ao Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e divulgado hoje pelo portal O Eco, o governo do Estado relata irregularidades no processo.

O ofício mostra que a posição do governo não é contrária às usinas, mas que não concorda com o andamento do processo no caso específico de Jirau, que apresenta falhas.  "Reitero a posição já declarada do Senhor Governador quanto ao seu desejo e a do povo de Rondônia de que as usinas do Madeira sejam implantadas.  Contudo, não se deve admitir que a legislação e os requisitos sejam desrespeitados".

O principal entrave é em relação à Floresta Estadual de Rendimento Sustentável (FERS) do Rio Vermelho.  O consórcio Enersus, responsável pela usina de Jirau, pretende alagar a FERS, e precisa da autorização do governo de Rondônia para tanto.

Segundo o ofício, o Enersus diz que a inundação será de 4 km2, enquanto o Ministério Público Estadual de Rondônia diz que será de 10km2.  Para piorar, o Enersus não teria realizado os levantamentos aerofotogramétricos necessários para saber a área com segurança.  "Ora, se a questão mais elementar, cálculo da área a ser inundada, ainda não pode ser feita, como poderá ser dada a autorização?", questiona o ofício.

O governo de Rondônia também critica o Ibama pela emissão da licença parcial de Jirau.  "Causou-nos estranheza a atitude do Ibama de antecipar e emitir uma Licença de Instalação para a execução do canteiro de obras e das ensecadeiras sem ter ouvido ou recebido a autorização do Governo do Estado de Rondônia".  De acordo com o ofício, o governo não recebeu qualquer documento que autoriza a mudança do eixo de Jirau para a Cachoeira do Inferno.

Fonte: Amazonia.org.br
Link:
http://www.amazonia.org.br

Mais Sobre Hidrelétricas do Madeira

Iniciadas as obras de proteção das margens do rio na região da Madeira-Mamoré

Iniciadas as obras de proteção das margens do rio na região da Madeira-Mamoré

A população de Porto Velho pode comemorar o início das obras que fazem parte do importante projeto de revitalização do complexo da Estrada de Ferro

Hidrelétrica Santo Antônio completa quatro anos de geração

Hidrelétrica Santo Antônio completa quatro anos de geração

Porto Velho, março de 2016.Dia 30 de março marca os quatro anos desde o início de geração da Hidrelétrica Santo Antônio, localizada no rio Madeira, em

Estudantes de engenharia elétrica do acre visitam Jirau

O canteiro de obras da Usina Hidrelétrica Jirau foi cenário de estudo dos estudantes do primeiro período do curso de Engenharia Elétrica da Universida

Governo faz mega desapropriação em Belo Monte

BRASÍLIA – A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) formalizou na última terça-feira (3) a última desapropriação de terras para a construção da