Porto Velho (RO) quarta-feira, 20 de fevereiro de 2019
×
Gente de Opinião

Energia e Meio Ambiente - Internacional - Gente de Opinião

Energia e Meio Ambiente - Internacional

Sócios da ESBR tem interesse em hidrelétrica binacional com a Bolívia


Usina deixaria Jirau operando a uma cota constante,
com ganho de 280 MW médios de energia assegurada

Carolina Medeiros, da Agência CanalEnergia

Os sócios da Energia Sustentável do Brasil tem interesse na construção da uma hidrelétrica binacional com a Bolívia de cerca de 3 mil MW, segundo o presidente da ESBR, Victor Paranhos. Ele disse que essa usina tem potencial ambiental baixíssimo e permitiria que Jirau operasse a uma cota constante de 90 metros, trazendo uma energia assegurada adicional para a usina de 280 MW médios. Atualmente, em algumas épocas do ano, a usina tem que rebaixar sua cota para 82,5 metros.

"A gente gostaria de participar dessa usina. [...] todas as empresas [acionistas da ESBR] tem uma experiência muito grande em hidroeletricidade", afirmou Paranhos, que participou nesta segunda-feira, 6 de junho, do Engie Brasil Innovation Day 2016, que aconteceu no Rio de Janeiro. São sócios da ESBR a Engie, a Eletrosul, a Chesf e a Mitsui & Co.

Pelos cálculos de Paranhos, seriam necessários entre US$ 4 bilhões e US$ 5 bilhões para construir a usina, que poderia começar a gerar energia em 2023 ou 2024. "Ela tem algumas vantagens importantes não só na parte ambiental, mas na financeira também. Sendo uma usina binacional, a tarifa é em dólar, o que permite conseguir financiamento internacional e isso ajuda a não pressionar mais o BNDES e apanhar dinheiro no mundo a uma taxa bastante interessante", afirmou o executivo.

De acordo com ele, a ESBR já tem uma ideia do projeto da usina e vem conversando com os bolivianos, que também tem interesse na sua construção. Paranhos disse ainda que existe um grupo de trabalho no Ministério de Minas e Energia, criado pelo então secretário-executivo, Luiz Eduardo Barata, na gestão do ex-ministro Eduardo Braga, estudando o empreendimento. "A gente vai voltar a conversar com o novo ministro", disse.

Mais Sobre Energia e Meio Ambiente - Internacional

Energia Sustentável do Brasil assina termo de compromisso com ICMBio para investimento em unidades de conservação na Amazônia

Energia Sustentável do Brasil assina termo de compromisso com ICMBio para investimento em unidades de conservação na Amazônia

Duas unidades de conservação na Amazônia receberão investimentos da Energia Sustentável do Brasil (ESBR), concessionária da Usina Hidrelétrica (UHE)

Teste de autorrestabelecimento é feito com sucesso na UHE Jirau

Teste de autorrestabelecimento é feito com sucesso na UHE Jirau

As Unidades Geradoras (UG) são desligadas para simular um apagão

SPIC - Chinesa tem pressa para comprar hidrelétrica Santo Antônio

SPIC - Chinesa tem pressa para comprar hidrelétrica Santo Antônio

As negociações duram mais de um ano, e agora a SPIC corre para concluir a transação antes da posse de Bolsonaro na Presidência

Mais de 940 mil m³ foram dragados do rio Madeira em 2018

Mais de 940 mil m³ foram dragados do rio Madeira em 2018

O processo consiste em escavar o material que está obstruindo o canal de navegação e bombear o volume a pelo menos 250 m de distância desse canal.A