Porto Velho (RO) quinta-feira, 21 de fevereiro de 2019
×
Gente de Opinião

Energia e Meio Ambiente - Internacional - Gente de Opinião

Energia e Meio Ambiente - Internacional

Hidrelétrica Santo Antônio: mais próxima da geração plena


Hidrelétrica Santo Antônio: mais próxima da geração plena - Gente de Opinião 
 

Etapa que permite início dos testes das 18 últimas turbinas está iniciada e duas delas entram em funcionamento em novembro e dezembro


No dia 6 de agosto as águas do rio Madeira começaram a ocupar a área onde está sendo instalado o quarto e último grupo gerador da hidrelétrica Santo Antônio.
 

A área permaneceu seca – ensecada, no jargão dos engenheiros -, aproximadamente dois anos e três meses para que todos os procedimentos de construção pudessem ser executados.
 

Esta etapa marca o retorno do rio Madeira para seu leito natural onde está situado este grupo gerador, e também a reta final do processo de construção e motorização da hidrelétrica, já que dá início aos testes das últimas 18 turbinas – duas delas entram em operação em novembro e dezembro.
 

O enchimento desta área é feito por sifonamento, ou seja, grandes tubulações levarão a água do rio Madeira, que estão em um nível mais alto, até a estrutura do Grupo Gerador 4 (GG4), por gravidade e pressão.
 

Este processo levará cerca de 60 dias e acontece em duas fases. Na primeira, enche-se a área que está acima (montante) do GG4. Finalizada esta etapa, parte-se para o enchimento da área que está abaixo (jusante) da estrutura.
 

Hidrelétrica Santo Antônio: mais próxima da geração plena - Gente de Opinião

O enchimento agora desta área confirma o compromisso da Santo Antônio Energia com o cronograma estabelecido e pactuado junto aos órgãos do setor elétrico.

A conclusão das obras da hidrelétrica está prevista para novembro de 2016, com o funcionamento das 50 turbinas bulbo, que irão gerar um total de 3.568 MW, energia suficiente para mais de 45 milhões de pessoas.
 

Relembre os principais marcos da Hidrelétrica Santo Antônio:
 

·        2001 a 2006 - Estudos de inventário e de viabilidade.

·        2007- Leilão da Aneel.
 

Gente de Opinião
 

·        Setembro de 2008 - Início das obras de construção da hidrelétrica.

Gente de Opinião

·        Julho de 2011 - Desvio do rio Madeira.

Gente de Opinião

·        Setembro de 2011 - Licença de Operação e início do enchimento do reservatório.
 

·        Março de 2012 -Início da operação com o funcionamento de duas turbinas.
 

·        Março de 2015 - Hidrelétrica completa três anos de operação com 32 turbinas em operação e capacidade de geração de cerca de 2,3 mil MW.
 

·        Agosto de 2015 – Enchimento com água dos recintos do último grupo gerador, caracterizando com a volta do rio para seu leito original.

Gente de Opinião

Fonte: Carlas Nascentes
 

Mais Sobre Energia e Meio Ambiente - Internacional

Energia Sustentável do Brasil assina termo de compromisso com ICMBio para investimento em unidades de conservação na Amazônia

Energia Sustentável do Brasil assina termo de compromisso com ICMBio para investimento em unidades de conservação na Amazônia

Duas unidades de conservação na Amazônia receberão investimentos da Energia Sustentável do Brasil (ESBR), concessionária da Usina Hidrelétrica (UHE)

Teste de autorrestabelecimento é feito com sucesso na UHE Jirau

Teste de autorrestabelecimento é feito com sucesso na UHE Jirau

As Unidades Geradoras (UG) são desligadas para simular um apagão

SPIC - Chinesa tem pressa para comprar hidrelétrica Santo Antônio

SPIC - Chinesa tem pressa para comprar hidrelétrica Santo Antônio

As negociações duram mais de um ano, e agora a SPIC corre para concluir a transação antes da posse de Bolsonaro na Presidência

Mais de 940 mil m³ foram dragados do rio Madeira em 2018

Mais de 940 mil m³ foram dragados do rio Madeira em 2018

O processo consiste em escavar o material que está obstruindo o canal de navegação e bombear o volume a pelo menos 250 m de distância desse canal.A