Porto Velho (RO) domingo, 17 de fevereiro de 2019
×
Gente de Opinião

Energia e Meio Ambiente - Internacional - Gente de Opinião

Energia e Meio Ambiente - Internacional

Financiamento da redução da conta de luz não preocupa Mantega



Daniel Lima
Agência Brasil

 

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, minimizou um possível problema com a Conta de Desenvolvimento Energético (CDE) que, em 2014, pode ter recursos insuficientes para cobrir as despesas do fundo, que financia a redução da conta de luz.
 

“O que vai haver o ano inteiro, mensalmente, [ainda] não foi apurado. [Há] R$ 9 bilhões para colocar na CDE este ano e cada mês a gente apura qual é a necessidade. Ainda não foi apurado o valor”, disse Mantega, após participar da posse de ministros no Palácio do Planalto. Após a solenidade, o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, chegou a admitir que o Tesouro Nacional estuda novos aportes para a CDE para compensar os gastos .
 

Segundo especialistas, a falta de chuvas, que aumenta o preço da energia de curto prazo, e o novo modelo do setor elétrico, que privilegia o subsídio às tarifas, pressionam as contas da CDE.

Mais Sobre Energia e Meio Ambiente - Internacional

Energia Sustentável do Brasil assina termo de compromisso com ICMBio para investimento em unidades de conservação na Amazônia

Energia Sustentável do Brasil assina termo de compromisso com ICMBio para investimento em unidades de conservação na Amazônia

Duas unidades de conservação na Amazônia receberão investimentos da Energia Sustentável do Brasil (ESBR), concessionária da Usina Hidrelétrica (UHE)

Teste de autorrestabelecimento é feito com sucesso na UHE Jirau

Teste de autorrestabelecimento é feito com sucesso na UHE Jirau

As Unidades Geradoras (UG) são desligadas para simular um apagão

SPIC - Chinesa tem pressa para comprar hidrelétrica Santo Antônio

SPIC - Chinesa tem pressa para comprar hidrelétrica Santo Antônio

As negociações duram mais de um ano, e agora a SPIC corre para concluir a transação antes da posse de Bolsonaro na Presidência

Mais de 940 mil m³ foram dragados do rio Madeira em 2018

Mais de 940 mil m³ foram dragados do rio Madeira em 2018

O processo consiste em escavar o material que está obstruindo o canal de navegação e bombear o volume a pelo menos 250 m de distância desse canal.A