Porto Velho (RO) quarta-feira, 20 de fevereiro de 2019
×
Gente de Opinião

Energia e Meio Ambiente - Internacional - Gente de Opinião

Energia e Meio Ambiente - Internacional

Bandeira tarifária de julho será vermelha, divulga Aneel


 

Sinal indica acréscimo de R$ 5,50 a cada 100 kWh de consumo


Da Agência CanalEnergia 


A Agência Nacional de Energia Elétrica divulgou em seu site na última sexta-feira, 26 de junho, que a bandeira tarifária para o mês de junho é vermelha para todos os consumidores brasileiros. Esse sinal significa um acréscimo de R$ 5,50 a cada 100 kWh consumidos. Desde o início de maio de 2015, os consumidores atendidos pela Amazonas Energia também passaram a ser submetidos ao sistema de bandeiras, pelo estado já fazer parte do Sistema Interligado Nacional.
 

A partir do sistema de bandeiras tarifárias, estabeleceu-se que as cores verde, amarela e vermelha apontam se a energia custará mais ou menos em virtude das condições de geração de eletricidade. Dessa maneira, o consumidor poderá identificar a bandeira do mês e reagir a essa sinalização com a utilização adequada da energia elétrica.

Mais Sobre Energia e Meio Ambiente - Internacional

Energia Sustentável do Brasil assina termo de compromisso com ICMBio para investimento em unidades de conservação na Amazônia

Energia Sustentável do Brasil assina termo de compromisso com ICMBio para investimento em unidades de conservação na Amazônia

Duas unidades de conservação na Amazônia receberão investimentos da Energia Sustentável do Brasil (ESBR), concessionária da Usina Hidrelétrica (UHE)

Teste de autorrestabelecimento é feito com sucesso na UHE Jirau

Teste de autorrestabelecimento é feito com sucesso na UHE Jirau

As Unidades Geradoras (UG) são desligadas para simular um apagão

SPIC - Chinesa tem pressa para comprar hidrelétrica Santo Antônio

SPIC - Chinesa tem pressa para comprar hidrelétrica Santo Antônio

As negociações duram mais de um ano, e agora a SPIC corre para concluir a transação antes da posse de Bolsonaro na Presidência

Mais de 940 mil m³ foram dragados do rio Madeira em 2018

Mais de 940 mil m³ foram dragados do rio Madeira em 2018

O processo consiste em escavar o material que está obstruindo o canal de navegação e bombear o volume a pelo menos 250 m de distância desse canal.A