Porto Velho (RO) sexta-feira, 22 de fevereiro de 2019
×
Gente de Opinião

Energia e Meio Ambiente - Internacional - Gente de Opinião

Energia e Meio Ambiente - Internacional

Após acordo com MPF e MP/RO, Hidrelétrica Santo Antônio vai repassar recursos a 140 famílias de reassentados


 
Trabalhadores rurais do Reassentamento Santa Rita vão receber dinheiro para implementar cultivo agrícola, perfurar poços e recuperar fossasApós acordo com MPF e MP/RO, Hidrelétrica Santo Antônio vai repassar recursos a 140 famílias de reassentados - Gente de Opinião

Um acordo (Termo de Compromisso) vai permitir que 140 famílias de trabalhadores rurais do Reassentamento Santa Rita recebam recursos para o cultivo agrícola. O acordo foi assinado pelos Ministérios Públicos Federal (MPF) e Estadual (MP/RO), pela Hidrelétrica Santo Antônio Energia e por três associações que representam os moradores do Reassentamento (Asprojanas, Aresanta e Asprafer).

Com o acordo, haverá a extinção da ação civil pública nº 17613-96.2014.4.01.4100, na qual MPF e MP/RO processavam a Santo Antônio Energia, cobrando providências em relação ao Reassentamento Santa Rita.

No TAC, a Santo Antônio Energia comprometeu-se a pagar às famílias do Reassentamento o valor de 45 mil reais por lote, totalizando 6,525 milhões de reais, para a aquisição de insumos, preparo do solo para plantio e outros investimentos na produção de cada lote. O pagamento a cada lote será em três parcelas, condicionadas à prestação de contas dos valores investidos nos lotes com a supervisão do Ministério Público.

A Santo Antônio Energia comprometeu-se a pagar a cada uma das associações (Asprojanas, Aresanta e Asprafer) o valor de 270 mil reais para investimento em máquinas, manutenção de trator, beneficiamento de produtos e outros. Os valores serão depositados em um fundo comum e por geridos conjuntamente pelas próprias associações.

No acordo, a Santo Antônio Energia também comprometeu-se a providenciar contratação de empresa ou profissionais de assistência técnica (engenheiro agrônomo e técnico agrícola) durante o período de 24 meses.

Outro compromisso da Santo Antônio Energia é repassar recursos para os moradores dos lotes a fim de repor 15 poços tubulares no Reassentamento Santa Rita, em lotes que serão indicados pela vistoria técnica a ser realizada pela hidrelétrica em até 45 dias. A usina também vai repassar recursos para os moradores de 145 lotes, destinados a manutenção ou reparos nas fossas no Reassentamento Santa Rita. Os reassentados receberão as escrituras públicas de seus lotes e da reserva legal em até 12 meses. Ha ainda indenização no valor de 20 mil reais por lote.

O descumprimento do acordo será punido com multa que poderá chegar a 1 milhão e 300 mil reais, além da apuração de responsabilidades.

Fonte: Luiza Archanjo / Ascom MPF

Mais Sobre Energia e Meio Ambiente - Internacional

Energia Sustentável do Brasil assina termo de compromisso com ICMBio para investimento em unidades de conservação na Amazônia

Energia Sustentável do Brasil assina termo de compromisso com ICMBio para investimento em unidades de conservação na Amazônia

Duas unidades de conservação na Amazônia receberão investimentos da Energia Sustentável do Brasil (ESBR), concessionária da Usina Hidrelétrica (UHE)

Teste de autorrestabelecimento é feito com sucesso na UHE Jirau

Teste de autorrestabelecimento é feito com sucesso na UHE Jirau

As Unidades Geradoras (UG) são desligadas para simular um apagão

SPIC - Chinesa tem pressa para comprar hidrelétrica Santo Antônio

SPIC - Chinesa tem pressa para comprar hidrelétrica Santo Antônio

As negociações duram mais de um ano, e agora a SPIC corre para concluir a transação antes da posse de Bolsonaro na Presidência

Mais de 940 mil m³ foram dragados do rio Madeira em 2018

Mais de 940 mil m³ foram dragados do rio Madeira em 2018

O processo consiste em escavar o material que está obstruindo o canal de navegação e bombear o volume a pelo menos 250 m de distância desse canal.A