Porto Velho (RO) sábado, 28 de março de 2020
×
Gente de Opinião

Eleições 2012

Marta se diz 'de alma lavada'


A ministra da Cultura e ex-prefeita de São Paulo Marta Suplicy (PT) disse se sentir "de alma lavada" com a possível vitória de seu correligionário Fernando Haddad (PT), ao chegar para votar em um colégio da zona oeste da capital, pouco depois das 12h deste domingo.

Derrotada por José Serra (PSDB) na eleição municipal de 2004, ela disse que o tucano "desta vez se enforcou com a própria corda": "Ficaram evidentes as armadilhas que fazia, a pessoa que ele é. Foi bom ver que os paulistanos perceberam e deram o troco".


Segundo a ministra, "não é fácil disputar com alguém muito experiente e traiçoeiro [referência ao candidato do PSDB]". Ela afirmou que "as musiquinhas de campanha que tive de enfrentar [em 2004, quando concorreu com o tucano] eram preconceituosas, difíceis". "Tudo isso estava engasgado na garganta, daí a minha vontade de disputa."

Como fizera em encontro com Haddad no começo da manhã, Marta disse que o ex-presidente Lula e o PT de São Paulo acertaram ao lançar a candidatura do ex-ministro da Educação à prefeitura.

"O Lula tem a maior intuição, o maior tirocínio político que este país viu em muito tempo", disse ela, que pleiteava ser a candidata petista e deixou saber em repetidas ocasiões que estava triste por ter sido preterida. "Ele estava certo: a força interna e a capacidade de visão que teve, ainda mais numa situação adversa de câncer [na laringe] e com o PT enfrentando circunstâncias difíceis, foram incríveis."

Em setembro, dias depois de estrear na campanha de rádio e TV de Haddad, ela seria nomeada ministra pela presidente Dilma Rousseff.

A ministra não quis tecer conjecturas sobre a eleição para o governo do Estado em 2014. Os ministros Aloizio Mercadante (Educação), Alexandre Padilha (Saúde) são vistos como possíveis candidatos petistas, ao lado da própria Marta.


Fonte: Lucas Chaves / Folha de São Paulo
 

Mais Sobre Eleições 2012

Confúcio madruga na porta de empresas de Jaru e pede voto

O candidato à reeleição a governador médico Confúcio Moura, da coligação “Rondônia no Caminho Certo”, acordou ainda mais cedo na quinta-feira (2) para

Justiça cassa diploma do prefeito de Monte Negro

O Tribunal Regional Eleitoral, 25ª Zona Eleitoral da Comarca de Ariquemes, julgou parcialmente procedente Ação de Investigação Judicial Eleitoral apre

Consumo de energia em janeiro aumenta 5,4% no geral mas cai 2% na indústria

Vladimir Platonow Agência Brasil   Rio de Janeiro – O consumo de energia elétrica no país subiu 5,4% em janeiro comparado com o mesmo mês de 2012. No

Termina prazo para justificar ausência nas últimas eleições

Karine Melo Agência Brasil Brasília – Termina nesta quinta-feira (27) o prazo para os eleitores que não votaram no segundo turno das eleições municipa