Porto Velho (RO) domingo, 22 de setembro de 2019
×
Gente de Opinião

Eleições 2012

Eleição permanece indefinida até o fim


Em Porto Velho, depois de um primeiro turno que também apresentou o mesmo aspecto de indiferença e indefinição, finalmente chegamos ao dia da eleição do segundo turno sem que se tenha uma visão clara de quem será seu futuro prefeito eleito do Município. Embora seja uma disputa bipolarizada a realidade é que os dois candidatos não empolgam e grande parte dos eleitores vão as urnas afirmando que vão escolher “O mal menor” ou “O menos ruim” e tem até muitos que dizem que “Cada um pior que outro. Vou votar em branco”. Não é o caso. Temos que ter responsabilidade em relação à nossa cidade e o voto é obrigatório, de forma que o correto é, dentro das possibilidades existentes, escolher aquele que consideramos melhor independente de se irá ganhar, ou não, de vez que há muitos que se inclinam a votar em favor de quem pensa que vai ganhar a eleição para “não perder o voto”. Não se perde voto quando se vota de acordo com sua consciência e com seus princípios. De qualquer forma o dia D chegou: neste domingo teremos que escolher quem será o próximo prefeito de Porto Velho.

As pesquisas na berlinda

É um fato constatado que as pesquisas ultimamente já não tem tido o grau de acerto que deles se espera. No primeiro turno, pelo Brasil afora, até mesmo pesquisas de boca de urna ultrapassaram os graus de confiabilidade que delas se esperava e, aqui mesmo em Porto Velho, no primeiro turno, a falta de confiabilidade nelas provocou a expectativa de que quatro candidatos, talvez cinco, estivessem disputando o segundo turno. O que se viu é que foram apenas três e as disparidades entre as intenções de votos e os votos foram muito grandes. Mesmo assim as pesquisas são as únicas indicações mais ou menos confiáveis que existem para o eleitor. E, neste final de campanha, apareceram delas com os mais diferentes resultados.

Basta ver que a última pesquisa do Instituto Previsão indicou Mauro com 23% de vantagem sobre Garçon. Já a última pesquisa do Instituto Fonte Real, apontou que se as eleições fossem no dia das entrevistas Garçon seria eleito com 50,02 % dos votos. Ocorre que a pesquisa do Instituto Previsão foi feita a dois dias das eleições para o segundo turno, encomendada pelo Jornal Diário da Amazônia, com 830 pessoas, entrevistadas nos dias 24 e 25 de outubro. Porém, segundo o Fonte Real aponta que se as eleições fossem naquele dia, Lindomar Garçon seria eleito com 50,02% dos votos contra 43,1% de Mauro Nazif. Segundo a pesquisa se for levado em conta o Índice de Votos Definidos (IDV),e não levando em conta os indecisos, Garçon aparece com 54,4% e Mauro 45,6%. A pesquisa do Fonte Real ouviu 624 eleitores, entre eles 6,7 % estão indecisos. A pesquisa foi realizada entre os dias 23 e 25 de Outubro, e foi encomendada pelo site O rondoniense. Ou seja, são resultados completamente díspares e que deixam o eleitor com uma pulga atrás da orelha sobre em quem acreditar.

Nova pesquisa do Ibope

Para jogar mais lenha na fogueira nesta sexta-feira, 26, a TV Rondônia divulgou a segunda e última pesquisa eleitoral de intenção de voto para prefeito em Porto Velho antes da eleição de domingo feita pelo Ibope. Nela Mauro Nazif aparece com 58% dos votos válidos; Garçon tem 42%. Para calcular esses votos, são excluídos os votos brancos, os nulos e os eleitores que se declararam indecisos. O procedimento é o mesmo utilizado pela Justiça Eleitoral para o resultado oficial da eleição. A pesquisa foi realizada entre os dias 24 e 26 de outubro. Foram entrevistadas 602 pessoas na cidade de Porto Velho. A margem de erro é de 4 pontos percentuais, para mais ou para menos. A pesquisa está registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de Rondônia, sob o número RO-00246/2012.

É claro que a pesquisa do Ibope não tranqüiliza nem põe um ponto final nas especulações sobre quem irá ganhar. O Ibope já errou muitas vezes nas eleições locais. E o fato concreto é o de que eleições somente se sabe do resultado depois de contar os votos e o Tribunal Regional Eleitoral proclamar os resultados. Assim, independente das pesquisas eleitorais, a disputa para prefeito de Porto Velho se acirrou depois dos debates e do fim dos programas dos candidatos no Rádio e na TV. Isto é inconteste, não tanto para o público em geral, mas, sim para os adeptos das duas candidaturas que fazem visíveis esforços para conquistar eleitores com a intensificação de cartazes e de grupos que realizavam pit stops ou ostentavam faixas e cartazes, bem como veículos adesivados, em diversos pontos da cidade. Agora é a hora da verdade. A sorte está lançada e só depende do seu voto, eleitor de Porto Velho.

Fonte: Jornal Alto Madeira
 

Mais Sobre Eleições 2012

Confúcio madruga na porta de empresas de Jaru e pede voto

O candidato à reeleição a governador médico Confúcio Moura, da coligação “Rondônia no Caminho Certo”, acordou ainda mais cedo na quinta-feira (2) para

Justiça cassa diploma do prefeito de Monte Negro

O Tribunal Regional Eleitoral, 25ª Zona Eleitoral da Comarca de Ariquemes, julgou parcialmente procedente Ação de Investigação Judicial Eleitoral apre

Consumo de energia em janeiro aumenta 5,4% no geral mas cai 2% na indústria

Vladimir Platonow Agência Brasil   Rio de Janeiro – O consumo de energia elétrica no país subiu 5,4% em janeiro comparado com o mesmo mês de 2012. No

Termina prazo para justificar ausência nas últimas eleições

Karine Melo Agência Brasil Brasília – Termina nesta quinta-feira (27) o prazo para os eleitores que não votaram no segundo turno das eleições municipa