Porto Velho (RO) terça-feira, 25 de setembro de 2018
×
Gente de Opinião

Educação

Mais de 85 mil livros didáticos devem ser entregues em 2014


Uma das metas da Secretaria de Estado da Educação (Seduc) é atender alunos e escolas com livros didáticos necessários para garantir a qualidade de ensino. Para isso, o Programa Nacional de Livro Didático (PNLD), promovido pelo Ministério da Educação (MEC), auxilia na distribuição dos títulos nas escolas do país. Em Rondônia, a expectativa é que as instituições de ensino da rede pública estadual recebam mais de 85 mil livros didáticos para serem entregues aos alunos do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental das escolas do Estado.Mais de 85 mil livros didáticos devem ser entregues em 2014 - Gente de Opinião

Uma das coordenadoras do setor de Livro Didático, Biblioteca e Sala de Leitura, Gizele Viana, explica que as obras didáticas são classificadas em duas categorias – reutilizáveis e consumíveis – que abrangem as disciplinas do currículo. Gizeli diz que os livros são distribuídos conforme a faixa etária do aluno. “São três grupos de estudantes que recebem os livros: as crianças do 1º ao 5º do Fundamental, depois o pessoal do 6º ao 9º também no Fundamental e, na continuidade, o Ensino Médio”, explica.

A coordenadora diz que, inicialmente, a escola recebe uma senha para acessar o sistema onde fica o Guia de Escolha do Livro Didático, elaborado pelo MEC, onde contém as coleções de títulos selecionados para a distribuição. E então, a equipe pedagógica da unidade escolar faz a escolha de duas coleções para ser entregue aos alunos.

Após o MEC realizar o levantamento e a consolidação das escolhas no Estado, as coleções de livros didáticos são distribuídas às escolas. “Nem sempre é uma das coleções que a escola escolheu por conta de uma outra coleção ter sido mais votada”, relata Gizele. Do total de livros enviados pelo MEC, 3% é destinado à Reserva Técnica da Seduc, onde ficam armazenados no caso de haver necessidade de reposições de livros. 

A distribuição para os segmentos da escola é feita a cada três anos, realizando a rotatividade das obras entre os alunos da instituição. Além disto, a coordenadora diz que ao final de três anos de uso, o título pode ser doado pela escola ao aluno. “Por exemplo, foi o que aconteceu com os estudantes do 6º ao 9º ano do Fundamental em 2013, eles ‘pegaram’ o último ano de uso do livro e alguns puderam ficar. Neste ano, os alunos deste segmento receberão novos livros”, explica.

Descarte

Gizeli lembra que a Seduc dá algumas opções de descarte às escolas sobre os livros fora de uso e excedentes na instituição, como doação à comunidade e associações dee reciclagem, através de cooperativas, ou em atividades complementares voltadas para o meio ambiente na própria escola. “Muitos funcionários não sabem o que fazer com os livros e acabam reservando na escola, ocupando espaços”, diz.

Já na Reserva Técnica da Seduc, a coordenadora conta que a Secretaria estuda uma forma correta para o descarte e/ou doação dos livros que estão estocados no local. “São muitos livros e uma cooperativa não consegue dar conta do volume de papéis”, afirma.

No entanto, antes de chegar ao período de doação ou descarte dos livros, Gizeli comenta que é de extrema importância a preservação das obras ao longo da rotatividade. “O livro didático é muito importante para a escola e os estudantes. É um acesso à informação que o aluno tem, é um direito dele, e nada mais que correto ele ter que zelar pela vida útil do livro para ter uma durabilidade adequada”, finaliza.

Fonte: Halex Frederic / Foto: Quintela

Mais Sobre Educação

IFRO organiza etapa estadual da Olimpíada Brasileira de Robótica

IFRO organiza etapa estadual da Olimpíada Brasileira de Robótica

Esta será a 6ª edição organizada pelo IFRO no estado de Rondônia

Acadêmicos de engenharias da Uniron sensibilizam governador Daniel Pereira com o livro “A vida secreta das árvores”

Acadêmicos de engenharias da Uniron sensibilizam governador Daniel Pereira com o livro “A vida secreta das árvores”

De uns tempos para cá, a ciência comprova que as árvores e o homem têm muito mais em comum do que poderíamos imaginar. Da mesma forma que o ser humano

Movimento Rondônia pela Educação vai apresentar planejamento estratégico a candidatos ao governo de Rondônia

Movimento Rondônia pela Educação vai apresentar planejamento estratégico a candidatos ao governo de Rondônia

O movimento Rondônia pela Educação, liderado pela Federação das Indústrias de Rondônia e composto por mais de cem entidades e instituições rondoniense

ENEM: Aulão na rede acontecerá em outubro

ENEM: Aulão na rede acontecerá em outubro

A Secretaria de Estado da Educação de Rondônia (RO) começou os preparativos para realização do projeto “Aulão na Rede” que acontecerá os dias 30 e 31