Porto Velho (RO) sexta-feira, 3 de dezembro de 2021
×
Gente de Opinião

Educação

Greve na Unir: Professores e estudantes garantem que vão intensificar movimento


Com palavras de ordem do tipo “hei seu reitor, saia do seu gabinete e vem aqui conversar com a gente” e “queremos condições para uma boa formação”, cerca de cem acadêmicos da Universidade Federal de Rondônia se juntou, na manhã desta sexta-feira, ao movimento grevista dos professores em ato de protesto em frente à reitoria, no centro de Porto Velho. As reivindicações da classe estudantil coincide com Greve na Unir: Professores e estudantes garantem que vão intensificar movimento - Gente de Opiniãoa pauta reivindicativa dos professores, contratação de mais professores e técnicos administrativos e de laboratórios, atualização de títulos e obras na biblioteca central, entre outras para livrar o Campus Universitário José Ribeiro Filho do caos que vive atualmente.

Apesar da insistência dos manifestantes, nem o reitor José Januário ou qualquer outro integrante da direção da Universidade Federal de Rondônia se dignou descer as escadas para conversar com professores e acadêmicos. “Muito pelo contrário, o que o reitor fez foi chamar a Polícia Federal. Mas penso que se alguém precisa de Polícia Federal seja a reitoria, para se explicar quanto às denúncias de desvios de verbas na Fundação Riomar e também pelo sucateamento que vem submetendo a única universidade pública de Rondônia”, disse um estudante do curso de enfermagem, pedindo para não ter o nome citado na reportagem.

Durante toda a manhã, acadêmicos e professores se revezaram no microfone do carro de som contratado pelo movimento, fazendo apelos pela abertura do diálogo da reitoria com a comunidade acadêmica. Mas de dentro do histórico prédio da Unir nenhuma palavra ou mensagem para a sociedade.

Sem nenhum indicativo de abertura de diálogo por parte da reitoria, o movimento grevista que agora coloca do mesmo lado estudantes e professores, promete intensificar as manifestações na próxima semana. Para segunda-feira, está prevista realização de reunião no auditório Paulo Freire, do Campus José Ribeiro Filho, quando docentes e discentes pretendem ouvir a pró-reitoria de planejamento sobre pontos específicos da situação da universidade.

O Campus José Ribeiro Filho está com aparência de uma cidade fantasma, A aparência dos blocos é a pior possível e, ao adentrar a um desses pavilhões constata-se que a situação é ainda pior: banheiros quebrados, sem água ou papel higiênico, falta de iluminação e reforma na estrutura física. Para completar o clima de abandono, o Campus da Unir é assolado por nuvens de mosquito e fumaça do lixão que fica nas imediações.

Conheça a pauta de reivindicação dos professores da Universidade Federal de Rondônia, a seguir:

 

PRINCIPAIS PONTOS DE REIVINDICAÇÕES

I.ENSINO/PESQUISA/EXTENSÃO

- Contratação de professores;

- Contratação de técnico-administrativos e de laboratórios.

- Atualização dos títulos da Biblioteca Central e setoriais;

- Melhoria na forma de operacionalização do SINGU;

 

II.ADMINISTRAÇÃO

- Implantação do Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI);

- Comunicação e transparência sobre a dotação orçamentária para as UGR;

- Realização de planejamento participativo;

- Transparência nas ações administrativas;

- Exigir que os Conselhos Superiores funcionem com reuniões regulares e que sejam respeitados;

- Prestação de contas sobre os recursos repassados para os projetos especiais como REUNI e  FINEP, dentre outros;

- Implantação da ouvidoria na UNIR;

- Funcionamento da estatuinte na UNIR de forma transparente;

- Cumprimento do ato decisório do CONSUN referente à devolução da procuradora da AGU que desenvolve suas atividades na UNIR.

 

III.INFRAESTRUTURA

- Construção de salas de trabalho equipadas para professor;

- Construção de laboratórios didáticos;

- Manutenção e ampliação de laboratórios;

- Manutenção das coleções científicas;

- Manutenção e melhoria de infraestrutura básica hidrosanitária, civil, elétrica e de comunicação (limpeza, água, energia, sistema de comunicação, segurança, dedetização, limpeza das caixas d’ água);

- Implantação da infraestrutura do sistema de acessibilidade e mobilidade;

- Implantação do Plano Diretor da UNIR;

- Construção de um centro de convivência nos campi da UNIR;

- Local de atendimento a saúde dos servidores nos campi da UNIR;

- Construção de creche nos campi da UNIR;

- Conclusão imediata das obras em andamento.

IV.SAÚDE DA COMUNIDADE UNIVERSITÁRIA

- Operacionalização do SIASS – Sistema Integrado da Saúde do Servidor;

- Pronto atendimento médico, odontológico e psicológico nos campi.

Fonte: ADUNIR

Mais Sobre Educação

SENAI Rondônia prorroga inscrições para cursos gratuitos

SENAI Rondônia prorroga inscrições para cursos gratuitos

Aqueles que almejam oportunidade de fazer um curso gratuito para se qualificar profissionalmente, o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial de R

30 novos parquinhos em escolas de Vilhena: compra acontece com emenda de Luizinho Goebel

30 novos parquinhos em escolas de Vilhena: compra acontece com emenda de Luizinho Goebel

Uma completa renovação dos parquinhos das escolas municipais foi providenciada neste ano para acontecer em breve. A Secretaria Municipal de Educação

Alunos da rede municipal em Porto Velho são atendidos pelo Programa Saúde

Alunos da rede municipal em Porto Velho são atendidos pelo Programa Saúde

Buscando garantir o desempenho dos estudantes dentro da sala de aula, a Prefeitura de Porto Velho desenvolve um programa para a reparação da visão a a

Campus Porto Velho Calama abre seleção para Pós-Graduação Lato-Sensu em ensino de Ciências e Matemática

Campus Porto Velho Calama abre seleção para Pós-Graduação Lato-Sensu em ensino de Ciências e Matemática

Por meio do Departamento de Pesquisa, Inovação e Pós-Graduação (Depesp), o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia-IFRO, Cam