Porto Velho (RO) domingo, 22 de setembro de 2019
×
Gente de Opinião

Educação

Greve na Unir: Professores e estudantes garantem que vão intensificar movimento


Com palavras de ordem do tipo “hei seu reitor, saia do seu gabinete e vem aqui conversar com a gente” e “queremos condições para uma boa formação”, cerca de cem acadêmicos da Universidade Federal de Rondônia se juntou, na manhã desta sexta-feira, ao movimento grevista dos professores em ato de protesto em frente à reitoria, no centro de Porto Velho. As reivindicações da classe estudantil coincide com Greve na Unir: Professores e estudantes garantem que vão intensificar movimento - Gente de Opiniãoa pauta reivindicativa dos professores, contratação de mais professores e técnicos administrativos e de laboratórios, atualização de títulos e obras na biblioteca central, entre outras para livrar o Campus Universitário José Ribeiro Filho do caos que vive atualmente.

Apesar da insistência dos manifestantes, nem o reitor José Januário ou qualquer outro integrante da direção da Universidade Federal de Rondônia se dignou descer as escadas para conversar com professores e acadêmicos. “Muito pelo contrário, o que o reitor fez foi chamar a Polícia Federal. Mas penso que se alguém precisa de Polícia Federal seja a reitoria, para se explicar quanto às denúncias de desvios de verbas na Fundação Riomar e também pelo sucateamento que vem submetendo a única universidade pública de Rondônia”, disse um estudante do curso de enfermagem, pedindo para não ter o nome citado na reportagem.

Durante toda a manhã, acadêmicos e professores se revezaram no microfone do carro de som contratado pelo movimento, fazendo apelos pela abertura do diálogo da reitoria com a comunidade acadêmica. Mas de dentro do histórico prédio da Unir nenhuma palavra ou mensagem para a sociedade.

Sem nenhum indicativo de abertura de diálogo por parte da reitoria, o movimento grevista que agora coloca do mesmo lado estudantes e professores, promete intensificar as manifestações na próxima semana. Para segunda-feira, está prevista realização de reunião no auditório Paulo Freire, do Campus José Ribeiro Filho, quando docentes e discentes pretendem ouvir a pró-reitoria de planejamento sobre pontos específicos da situação da universidade.

O Campus José Ribeiro Filho está com aparência de uma cidade fantasma, A aparência dos blocos é a pior possível e, ao adentrar a um desses pavilhões constata-se que a situação é ainda pior: banheiros quebrados, sem água ou papel higiênico, falta de iluminação e reforma na estrutura física. Para completar o clima de abandono, o Campus da Unir é assolado por nuvens de mosquito e fumaça do lixão que fica nas imediações.

Conheça a pauta de reivindicação dos professores da Universidade Federal de Rondônia, a seguir:

 

PRINCIPAIS PONTOS DE REIVINDICAÇÕES

I.ENSINO/PESQUISA/EXTENSÃO

- Contratação de professores;

- Contratação de técnico-administrativos e de laboratórios.

- Atualização dos títulos da Biblioteca Central e setoriais;

- Melhoria na forma de operacionalização do SINGU;

 

II.ADMINISTRAÇÃO

- Implantação do Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI);

- Comunicação e transparência sobre a dotação orçamentária para as UGR;

- Realização de planejamento participativo;

- Transparência nas ações administrativas;

- Exigir que os Conselhos Superiores funcionem com reuniões regulares e que sejam respeitados;

- Prestação de contas sobre os recursos repassados para os projetos especiais como REUNI e  FINEP, dentre outros;

- Implantação da ouvidoria na UNIR;

- Funcionamento da estatuinte na UNIR de forma transparente;

- Cumprimento do ato decisório do CONSUN referente à devolução da procuradora da AGU que desenvolve suas atividades na UNIR.

 

III.INFRAESTRUTURA

- Construção de salas de trabalho equipadas para professor;

- Construção de laboratórios didáticos;

- Manutenção e ampliação de laboratórios;

- Manutenção das coleções científicas;

- Manutenção e melhoria de infraestrutura básica hidrosanitária, civil, elétrica e de comunicação (limpeza, água, energia, sistema de comunicação, segurança, dedetização, limpeza das caixas d’ água);

- Implantação da infraestrutura do sistema de acessibilidade e mobilidade;

- Implantação do Plano Diretor da UNIR;

- Construção de um centro de convivência nos campi da UNIR;

- Local de atendimento a saúde dos servidores nos campi da UNIR;

- Construção de creche nos campi da UNIR;

- Conclusão imediata das obras em andamento.

IV.SAÚDE DA COMUNIDADE UNIVERSITÁRIA

- Operacionalização do SIASS – Sistema Integrado da Saúde do Servidor;

- Pronto atendimento médico, odontológico e psicológico nos campi.

Fonte: ADUNIR

Mais Sobre Educação

Concluída a construção da nova escola de Jaci-Paraná

Concluída a construção da nova escola de Jaci-Paraná

A Santo Antônio Energia concluiu a construção da nova Escola Estadual Maria de Nazaré dos Santos,  que receberá por turno 300 alunos dos ensinos funda

Sistema OCB/SESCOOP – RO e Sicoob entregam apostilas do projeto Educação para o Futuro, em Jaru

Sistema OCB/SESCOOP – RO e Sicoob entregam apostilas do projeto Educação para o Futuro, em Jaru

Na manhã de quarta-feira (18), o presidente do Sistema, Salatiel Rodrigues, fez questão ir pessoalmente até a Cooperativa de Profissionais de Educação

IFRO - Campus Cacoal abre processo seletivo para contratação de professor substituto na área de Língua Portuguesa

IFRO - Campus Cacoal abre processo seletivo para contratação de professor substituto na área de Língua Portuguesa

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (IFRO), Campus Cacoal, está com inscrições abertas para o Processo Seletivo Simplifi

MPF quer saber o que Estado e prefeituras planejam para melhorar os índices da Educação em Rondônia

MPF quer saber o que Estado e prefeituras planejam para melhorar os índices da Educação em Rondônia

O Ministério Público Federal (MPF) abriu uma investigação para saber quais os planos do Estado e das prefeituras para melhorar o desempenho de seus al