Porto Velho (RO) quinta-feira, 20 de setembro de 2018
×
Gente de Opinião

Educação

Educação infantil avança em Porto Velho


Quando iniciou sua administração, em 2005, o prefeito Roberto Sobrinho assumiu publicamente um compromisso de valorizar e oferecer de forma gratuita e de qualidade uma das etapas mais importantes da educação, a infantil, da qual fazem parte crianças menores de seis anos, composta em sua maioria pela faixa mais carente da sociedade e que muitas vezes enquanto as mães trabalham, ficam vulneráveis.

De acordo com dados da secretaria municipal de Saúde, houve grande avanço no atendimento da Educação Infantil no município. Em 2004 a prefeitura atendia apenas 2.133 alunos e em 2011 esse número subiu para 9.895 crianças distribuídas em turmas de Creche, Pré I e Pré II.

Na zona rural em 2004 não havia números sobre esse atendimento, em 2011 já foi registrado o atendimento a 378 alunos distribuídos em turmas de Pré I e Pré II. Dois anos depois de a prefeitura ter tomado a iniciativa e ter começado o trabalho de construção de novas escolas e locação de prédios e espaços para atender estas crianças o município de Porto Velho foi contemplado pelo governo federal através de recursos oriundos do Fundo Nacional de Apoio ao Desenvolvimento a Educação Básica (FUNDEB) o que aumentou ainda mais a demanda.

A prefeitura mantém hoje em funcionamento 55 escolas, entre elas algumas que são municipais e outras que são mantidas através de convênio de locação e através do Programa de Apoio Financeiro às Instituições Comunitárias, Filantrópicas e Confessionais – Proafinc (Decreto de criação n°9.751 de 21 de março de 2005) via Secretaria Municipal de Educação e pela Divisão de Educação Infantil.

O Proafinc visa garantir a gratuidade e melhoria das estruturas físicas das escolas conveniadas por meio de repasse de recursos. Eles são repassados de acordo com a quantidade de alunos matriculados na Instituição. Como por exemplo: De 25 a 50 crianças – R$ 7.500,00; De 51 a 100 crianças – R$ 15.000,00; De 101 a 150 crianças – R$ 22.500,00; e de 151 a 200 crianças – R$ 30.000,00.

Para fiscalização dos recursos repassados pelo Proafinc a secretaria municipal de Educação (Semed) criou uma comissão de fiscalização e orientação para administração dos recursos repassados para as intuições conveniadas

Formação

Além da preocupação com os alunos, a prefeitura dispensa uma grande preocupação com a formação profissional dos servidores. A Secretaria Municipal de Educação possui a Divisão de Educação Infantil que realiza formações e acompanhamento pedagógico nas Escolas de Educação Infantil do Município com a realização de Círculos Pedagógicos com Coordenadores da Educação Infantil, assessoramento Pedagógico, com visitas às Escolas, alem do Seminário Viva a Infância. Além disso a secretaria faz o acompanhamento das festividades das Escolas (Festa Junina, Festa da Família, Formaturas), realiza ainda a entrega de brinquedos nas Escolas e principalmente estudos internos sobre temáticas relevantes à Educação Infantil.

Novas escolas em 2011

Durante a gestão Roberto foi executada a construção de sete novas escolas na zona urbana. (EMEI. Canto do Ipê – Bairro São João Batista; EMEI. Tucumã – Bairro Cohab Floresta; EMEIEF. Pé de Murici – Bairro Teixeirão; EMEI. Moisés Ferreira Neto – Bairro Tucumanzal; EMEI. Canto do Uirapuru – Bairro Aeroclube; EMEI. Nova República – Bairro Floresta e a EMEIEF. Flor do Piquiá – Bairro Tiradentes).

Em 2011 a prefeitura de Porto Velho não esqueceu as escolas da zona rural e distritos, houve a construção de uma nova unidade em Mutum-Paraná a EMEIEF. Nossa Senhora de Nazaré, alem da reforma e ampliação de cinco escolas já existentes o que melhorou muito a qualidade do ensino municipal.

Novas unidades em 2012

O prefeito Roberto sobrinho anunciou que em 2012 a rede municipal abrirá mais de 2,5 mil vagas para crianças menores de seis anos com a construção de oito novas creches. Os bairros a serem beneficiados com as novas creches são: o Bairro Jardim Santana contemplado com 02 Escolas com 08 salas cada; no Bairro Eletronorte uma Escola com 08 salas; no Bairro Pedrinhas será construída mais uma escola com 06 salas; no Teixeirão uma Escola com 06 salas; no Marcos Freire uma escola com 08 salas; no Três Marias uma escola com 08 salas e no Areia Branca uma escola com 08 salas.

A unidade do bairro Marcos Freire que atenderá uma média de 320 crianças, vai oferecer oito salas de aula, sendo duas para atender alunos da creche I (até 2 anos), duas para a creche II (até 3 anos), duas para o pré I (até 4 anos) e duas para o pré II (até 5 anos). A unidade contará ainda com um anfiteatro, laboratório de informática, dois blocos de banheiros, lavanderia, salas para atender a direção, secretaria e coordenação, sala para os professores e área de lazer.

Fonte: Edina Silva

Mais Sobre Educação

Acadêmicos de engenharias da Uniron sensibilizam governador Daniel Pereira com o livro “A vida secreta das árvores”

Acadêmicos de engenharias da Uniron sensibilizam governador Daniel Pereira com o livro “A vida secreta das árvores”

De uns tempos para cá, a ciência comprova que as árvores e o homem têm muito mais em comum do que poderíamos imaginar. Da mesma forma que o ser humano

Movimento Rondônia pela Educação vai apresentar planejamento estratégico a candidatos ao governo de Rondônia

Movimento Rondônia pela Educação vai apresentar planejamento estratégico a candidatos ao governo de Rondônia

O movimento Rondônia pela Educação, liderado pela Federação das Indústrias de Rondônia e composto por mais de cem entidades e instituições rondoniense

ENEM: Aulão na rede acontecerá em outubro

ENEM: Aulão na rede acontecerá em outubro

A Secretaria de Estado da Educação de Rondônia (RO) começou os preparativos para realização do projeto “Aulão na Rede” que acontecerá os dias 30 e 31