Porto Velho (RO) sábado, 18 de janeiro de 2020
×
Gente de Opinião

Cultura

Zezinho Maranhão e Llitsia Moreno apresentam obra no 5ª Cultural 2010


 
Nesta quinta-feira (26/08), o projeto 5ª Cultural entra em cena, desta vez, com o cantor e compositor Zezinho Maranhão e a pianista Llitsia Moreno. A instrumentista Llitsa Moreno realizará a abertura do evento apresentando canções de compositores locais de forma instrumental, realizando uma nova leitura musical das canções. Zezinho Maranhão apresentará seu mais novo trabalho denominado de “e agora Zezinho?”, com várias canções inéditas. O evento acontece no Teatro Banzeiros e tem inicio às 19 horas. O ingresso é limitado e deverá ser trocado por 2 quilos de alimentos não perecíveis, exceto o sal, de preferência antecipadamente pela manhã no Banco da Amazônia e no período da tarde no Teatro Banzeiros.

O projeto 5ª Cultural é desenvolvido pelo Banco da Amazônia, em Rondônia, desde de 2002 e nesta edição de 2010, a empresa Master (Consultoria e Serviços LTDA) será a executora do projeto que conta com o apoio cultura do Teatro Banzeiros. O 5ª Cultural iniciou em agosto de 2000 e foi uma iniciativa pioneira na região Norte, estimulando e integrando a prática da solidariedade com o incentivo a música, já que cobra como ingresso das apresentações 2 kg de alimentos não perecíveis. Além de contribuir para o Programa Fome Zero, através das doações, o projeto abre espaço para variadas formas de manifestações artísticas, propiciando aos artistas locais, novos ou veteranos, nas capitais e no interior, a oportunidade de expor e divulgar suas produções junto à comunidade. Como resultado, o projeto já proporcionou a produção de vários CDs com músicas de artistas da região Norte, a maioria deles participantes do projeto 5ª Cultural. Tal proposta ajuda a promover e divulgar o trabalho dos artistas, além de reunir em um só disco as mais diversas manifestações culturais da região.

Consagrado como referência na área cultural, o projeto recebeu por duas vezes o prêmio Top Nacional de Marketing, da Associação de Dirigentes de Vendas do Brasil (ADVB), afirmando-o como uma das várias e importantes ações de responsabilidade social do Banco. Até o ano de 2008 foram realizados quase 130 eventos com arrecadação de aproximadamente 200 mil quilos de alimentos. Mais de 520 instituições foram beneficiadas atendendo quase 54 mil pessoas e mais de 480 artistas já se apresentaram no projeto. Em Rondônia, o projeto completa oito anos de ações sociais e culturais.

H i s t ó r i c o

ZEZINHO MARANHÃOZezinho Maranhão e Llitsia Moreno apresentam obra no 5ª Cultural 2010 - Gente de Opinião

Natural de Santa Inês (MA), Zezinho Maranhão iniciou suas atividades artísticas aos 14 anos de idade na Cidade de São Paulo, onde estudou música e teatro, aprimorando seu talento na arte de compor. Foi na cidade grande nas noites das casas noturnas que o cantor trilhou seus primeiros passos musicais.

Sua música, mais autêntica, ultrapassa as fronteiras do regionalismo, buscando a universalidade de seus poemas e sons. Com uma produção cultural otimista, amorosa e alto astral, Zezinho Maranhão, encanta com suas canções. Além de emprestar sua voz sofisticada aveludada à composição de artistas de renome.

O cantor e compositor, Zezinho Maranhão, ganhador de prêmios em festivais e cantador romântico do Norte prepara o lançamento do CD “E agora, Zezinho?”, recheado de composições inéditas exaltando a cultura amazônica.


LLITSIA MORENO (PIANISTA) Zezinho Maranhão e Llitsia Moreno apresentam obra no 5ª Cultural 2010 - Gente de Opinião

A instrumentista Llitsia Moreno, formada em piano pela Escola Nacional de Arte em Havana (Cuba), pós-graduada em educação musical pelo Conservatório Brasileiro de Música no Rio de Janeiro, é professora na área de música e realiza apresentações em recitais na cidade de Porto Velho, utilizando diversas temáticas em seus shows. O último trabalho da instrumentista é chamado de ‘Cotidiano Interior’, trabalho esse que a instrumentista construiu em parceria com os compositores da cidade de Porto Velho. Llitsia construiu um repertório com as composições dos trovadores da Capital realizando uma releitura musical, transformando as canções em músicas instrumentais interpretando da forma mais singela a identidade musical local.

Llitsia Moreno se dedica a música diuturnamente e em suas apresentações expressa talento, criatividade, sensibilidade e interpretação musical. Trabalhando com ricas melodias dentro do universo sonoro pianístico, a intérprete aborda em seu último trabalho a beleza e a profundidade do universo Amazônico, passeia por temas como o desmatamento e a ação do homem e o cotidiano dos ribeirinhos, além de expressar a alegria de estar apresentando sua mais nova obra. A instrumentista interpreta canções dos compositores: Bado, Augusto Silveira, Binho, Zezinho Maranhão e Baaribu Nonato.

 

Mais Sobre Cultura

Orquestra Villa-Lobos de Porto Velho abre seleção para novos músicos voluntários e com bolsas de incentivo

Orquestra Villa-Lobos de Porto Velho abre seleção para novos músicos voluntários e com bolsas de incentivo

Aprovado pelo Ministério da Cidadania por meio da Lei Federal de Incentivo `Cultura e com o apoio do SICOOB, O Instituto Cultural Villa-Lobos de Port

Cultura popular em praça pública de Porto Velho

Cultura popular em praça pública de Porto Velho

Apaixonada pelas rimas, com dedicação à poesia e à prosa desde os 7 anos, a poetisa Maria de Nazaré Melo, 52 anos, não poupou elogios ao falar do proj

Porto Velho: apresentações culturais na Praça Getúlio Vargas são opções de lazer nesse fim de semana

Porto Velho: apresentações culturais na Praça Getúlio Vargas são opções de lazer nesse fim de semana

Com uma belíssima iluminação decorativa e apresentações culturais, a Praça Getúlio Vargas tornou-se um dos lugares mais visitados nesse fim de ano em

Noite em Homenagem ao Samba no SESC Esplanada

Noite em Homenagem ao Samba no SESC Esplanada

O Dia Nacional do Samba, foi comemorado em todo país na segunda-feira (02) e para celebrar a data com muita alegria e gingado, o que o ritmo proporcio