Porto Velho (RO) terça-feira, 23 de outubro de 2018
×
Gente de Opinião

Cultura

ZEKATRACA: Vamos ao baile municipal


 
Por Silvio M. Santos 

Gente de OpiniãoHoje à noite, a prefeitura municipal da Porto Velho com a coordenação da equipe da Fundação Iaripuna, realiza o tradicional Baile Municipal. O evento abre oficialmente o carnaval de Porto Velho e dá poderes à sua Majestade Rei Momo 1º e Único para administrar a cidade durante os dias de carnaval. 

Antigamente, o carnaval acontecia apenas entre o sábado “Gordo” e a quarta feira de cinzas. Na realidade, o período oficial do carnaval é de domingo a terça feira. “São três dias de folia e brincadeira, você pra lá, eu pra cá, até quarta feira”.

Sábado Gordo, é o sábado que chamamos de sábado de carnaval. em nossa cidade, é o dia do desfile da Banda do Vai Quem Quer. 

Geralmente, o Rei Momo desembarcava de uma Litorina vinda da Vila de Santo Antônio, na estação da Estrada de Ferro Madeira Mamoré e lá, já estavam esperando o Rei da Folia, os blocos dos clubes, Ypiranga, Danúbio Azul Bailante Clube, Guaporé, Imperial, Bancrevea, União Operária e bloco da Dona Jóia. Além das escolas de samba Deixa Falar e Triângulo Não Morreu. 

Ao desembarcar da Litorina o Rei Momo recebia das mãos do prefeito de Porto Velho a Chave da Cidade. Após essa solenidade, o cortejo subia a Sete de Setembro onde geralmente era montado um palanque onde ficavam, o Rei Momo e as demais autoridades municipais. 

Esse palanque era montado na Praça Rondon, ou então no cruzamento da Sete com a José de Alencar. 

Depois os desfiles passaram para a Presidente Dutra e o palanque era montado na rua José do Patrocínio entre o prédio do hoje restaurante do Sesc e o prédio da Associação Comercial de Guaporé/Rondônia a noite acontecia o Baile Municipal que geralmente era realizado no Clube Ypiranga onde só entrava quem fosse convidado pelo prefeito da cidade. 

O colunista Sérgio Valente por muitos anos coordenou o Baile Municipal, o Baile Municipal coordenado pelo Sérgio Valente não era para convidado e sim para quem comprasse a mesa, às vezes o comprador da mesa recebia como brinde uma garrafa de Uísque para consumir durante a festa que passou a acontecer no Clube dos Oficiais do 5º BEC. A única semelhança entre o Baile Municipal coordenado pela Comissão da Prefeitura e o coordenado pelo Sérgio era o traje que tinha que ser fantasia ou passeio completo (paletó e gravata) e claro a música. 

Depois que o Sérgio Valente partiu dessa para outra melhor, como diz o ditado. Ninguém mais se atreveu a realizar o baile. 

Até que em 2006, o prefeito Roberto Sobrinho, Autorizou o Ariel Argobe então Secretário de Cultura, a resgatar a tradição do Baile Municipal. 

Hoje 29, no Clube Kabanas, acontece a 5ª versão do Baile Municipal da administração Roberto Sobrinho. Para participar, é necessário conseguir convite junto à coordenação, na sede da Fundação Iaripuna.

Fonte: Sílvio Santos - zekatracasantos@gmail.com   
www.gentedeopiniao.com.br  -  www.opiniaotv.com.br - http://twitter.com/opiniaotv
http://www.gentedeopiniao.com.br/energiameioambiente/       

Mais Sobre Cultura

Wankabuki lança campanha de financiamento coletivo

Wankabuki lança campanha de financiamento coletivo

O Grupo de Teatro Wankabuki, sediado no município de Vilhena (RO), lançou através da plataforma Catarse, uma nova campanha de financiamento coletivo p

Wankabuki apresenta peça “À Margem” em três cidades de Rondônia

Wankabuki apresenta peça “À Margem” em três cidades de Rondônia

O Grupo de Teatro Wankabuki, de Vilhena (RO), realizará entre os dias 17 e 26 de outubro uma série de apresentações da peça “À Margem” nos municípios

Professor Aleks Palitot doa livros para escola municipal infantil

Professor Aleks Palitot doa livros para escola municipal infantil

Na tarde de quinta-feira (11), o Professor Aleks Palitot visitou a Escola Municipal de Educação Infantil Prof.ª Ronilza Cordeiro Afonso Dias, na Zona