Porto Velho (RO) sexta-feira, 17 de janeiro de 2020
×
Gente de Opinião

Cultura

Zekatraca: A Pulitricagem no Amazônia Encena



Hoje é a vez do grupo O Imaginário apresentar o Limpador de Placas

O Festival Amazônia Encena na Rua, que está acontecendo todas as noites na praça das Caixas D’água em Porto Velho, tem reunido muitas pessoas em torno da estrutura metálica que serve de referencia das apresentações teatrais que estão acontecendo. Zekatraca: A Pulitricagem no Amazônia Encena - Gente de Opinião

A noite da última terça feira 20, começou com a performance do Palhaço Afonso Xodó personagem do diretor e ator Léo Carnevale do Rio de Janeiro. Afonso Xodó um falastrão de primeira linha, brindou os presentes com números de ilusionismos muito bem desenvolvidos, contando com a participação de algumas pessoas da platéia que aplaudiu calorosamente o espetáculo “Pulitrica”. De imediato Afonso Xodó retira a maquiagem de palhaço e dar lugar ao mestre de cerimônia Leo Carnevale que anuncia o show da Renata que entra vestida de freira e envolve todos com um super espetáculo de transformismo lembrando para alguns o desfile da escola de samba carioca Unidos da Tijuca ao trocar de figurino em segundos.

A noite estava apenas começando, ou apenas preparando o público para a apresentação do grupo Os Tawera representante de Palmas/TO, que colocou em cena o espetáculo “Coração de Menino”. Tudo acontece com o Vô Mundico, um ex palhaço de circo, que vive com suas lembranças na casa de sua filha. Ao ver seu netinho chorando por não ganhar um navio de controle remoto, o velho Mundico começa a contar sua história e de tantos outros palhaços de circo do Brasil para seu neto Tebas Grego. O grupo entre outras atrações mostrou o Vô Mundico exercendo a atividade de ventríloquo uma faceta onde o ator dá voz ao boneco sem que ninguém perceba, apesar de estar frente a frente com a platéia. “Há muito tempo não via um ventríloquo tão perfeito como esse Vô Mundico” comentava o ator Cláudio Vrena. No desenrolar dos ensinamentos passados ao seu Neto Mundico chegou a emocionar muitos expectadores, com suas lições de vida. “Esse cara é muito bom” elogiava o produtor cultural Jesuá Johnson.

Chicão Santos diretor do grupo O Imaginário realizador do Festival, nos confessou que estava ansioso para assistir o próximo espetáculo “Hoje Sou Um, Amanhã Serei Outro” apresentado pela Cia Vitória Régia de Manaus. Não perdeu seu tempo pois, apesar do texto ser difícil e ainda mais para uma apresentação em praça pública, o grupo agradou em cheio a platéia que estava na praça das Caixas D’água. Assim foi mais uma noite do Festival Amazônia Encena na Rua.

Fonte: Sílvio Santos - zekatracasantos@gmail.com  
 
Gentedeopinião   /  AMAZÔNIAS   /  RondôniaINCA   /   OpiniaoTV
 Energia & Meio Ambiente   /  Siga o Gentedeopinião noTwitter  /   YouTube 
 Turismo   /  Imagens da História

 

Mais Sobre Cultura

Orquestra Villa-Lobos de Porto Velho abre seleção para novos músicos voluntários e com bolsas de incentivo

Orquestra Villa-Lobos de Porto Velho abre seleção para novos músicos voluntários e com bolsas de incentivo

Aprovado pelo Ministério da Cidadania por meio da Lei Federal de Incentivo `Cultura e com o apoio do SICOOB, O Instituto Cultural Villa-Lobos de Port

Cultura popular em praça pública de Porto Velho

Cultura popular em praça pública de Porto Velho

Apaixonada pelas rimas, com dedicação à poesia e à prosa desde os 7 anos, a poetisa Maria de Nazaré Melo, 52 anos, não poupou elogios ao falar do proj

Porto Velho: apresentações culturais na Praça Getúlio Vargas são opções de lazer nesse fim de semana

Porto Velho: apresentações culturais na Praça Getúlio Vargas são opções de lazer nesse fim de semana

Com uma belíssima iluminação decorativa e apresentações culturais, a Praça Getúlio Vargas tornou-se um dos lugares mais visitados nesse fim de ano em

Noite em Homenagem ao Samba no SESC Esplanada

Noite em Homenagem ao Samba no SESC Esplanada

O Dia Nacional do Samba, foi comemorado em todo país na segunda-feira (02) e para celebrar a data com muita alegria e gingado, o que o ritmo proporcio