Porto Velho (RO) quinta-feira, 5 de dezembro de 2019
×
Gente de Opinião

Cultura

Universo dos Quatro da Amazônia em quatro


Três dos quatro artistas que fazem parte da exposição Amazônia Universo tem mais de 30 anos de estrada

Sílvio Santos

Hoje à noite, às 20h, os amantes das artes plásticas não podem faltar a abertura da exposição, "Amazônia – Universo em 4" com os artistas Rita Queiroz; João Zoghbi; Geraldo Cruz e Gilson Castro.

Os quatro artistas podem ser considerados como a expressão maior das artes plásticas em Porto Velho, tanto pela vivência como pela qualidade de seus trabalhos.

Rita Queiroz - É considerada e reconhecida, como nossa maior expressão das artes plásticas. A Cabocla que nasceu nos seringais do baixo Madeira de repente se viu envolvida com o mundo das artes plásticas no Rio de Janeiro quando o marido descobriu suas telas e resolveu patrocinar uma exposição para a qual convidou a fina flor da sociedade carioca. Apesar desse glamou,r Rita decidiu mostra seus trabalhos em sua terra natal e então veio a Porto Velho e promoveu sua primeira exposição, "lá se vão 30 anos dessa aventura". Ganhadora de um prêmio da Sony, Rita Queiroz viajou o mundo através da tela "O Boto" e se tornou internacional, foi expor em Portugal, Espanha, França e outros países, retornou à sua terra natal. "Porto Velho é meu lugar". Considerada a mais irrevenrente entre os irreverentes, que atuam na causa cultural de Rondônia, nossa pintora, em sinal de protesto, achou de se mudar para Goiás e depois de algum tempo, retornou a Porto Velho onde vive lutando por melhores dias para a categoria, não só de artistas plásticos, mas de todos os segmentos culturais. Hoje, mais uma vez, vamos ter a honra de apreciar os últimos trabalhos da nossa Santa das Artes Plásticas Rita Queiroz.

João Zoghbi – Nos últimos trinta anos, todos os eventos relacionados as artes plásticas em Porto Velho têm que ter o nome do João Zoghbi. "O cara parece que se multiplica, tantas são suas participações em movimentos culturais". Sua primeira investida numa exposição de artes aconteceu em 1976 na "Feira de Artes do Mobral" que foi montada onde hoje funciona uma academia no centro de Porto Velho. "Procuro seguir a perfeição dos traços dos pintores, Salvador Dali, Miguel Ângelo e Leonardo Da Vinci. aliás nessa exposição faço uma homenagem a esses grandes mestres" confessa Zoghbi. Entre as premiações destacamos a Capa da Listel de 83 e Pr6emio Nacional Esporte para Todos com a charge "Baitatão". João Zoghbi também é considerado um dos melhores chargistas de Rondônia tendo sido agraciado com o Prêmio  Sinjor de Jornalismo em 2004. 15 telas de sua autoria estarão na Exposição que será aberta hoje na Ivan Marrocos.

Geraldo Cruz  - É o artista plástico rondoniense que mais colocou trabalhos na capa da Listel com participação em três edições. Geraldo diz que seu trabalho pode ser considerado de técnica diversificada. "Nessa exposição vamos mostrar apenas trabalhos em escultura – 13 esculturas", declara Geraldo Cruz. Considerado um dos nossos melhores cenógrafos, seguimento que adotou através do projeto 5ª Cultural do BASA Geraldo cruz já expôs seus trabalhos em vários estados brasileiros como São Paulo, Pará e Brasília. "Com trinta anos de estrada, procuro sempre estar atualizado com as tendências das artes plásticas mundiais, sempre fazendo experiências com  materiais alternativos como é o caso da atual fase, que chamo de escultural".
 
Gilson de Castro – Dos quatro é o mais novo, tanto na idade como na experiência. "me sinto privilegiado ao ser convidado para substituir o Joéser nesse universo de tantos talentos", declara Gilson. Gilson iniciou na carreira de artes plásticas após um amigo comum elogiar alguns de seus desenhos "Aí fui procurar a Semce e encontrei a Rita Queiroz que me apresentou a Nilce Casara, essa me levou até o Fernando Fonseca da Eletronorte que se comprometeu a patrocinar o material (tinta, pincel, telas etc...)  que eu precisava para iniciar minha carreira nas artes plásticas, daí pra frente não mais parei de produzir" conta Gilson. O material patrocinado pela Eletronorte serviu para a produção das telas que fizeram parte da primeira exposição do Gilson que aconteceu no Porto Shopping em 2002.

Na exposição "Amazônia – Universo em 4", Gilson está com 12 telas.

Na foto acima os quatro artistas plásticos que estão com trabalhos na exposição.

Mais Sobre Cultura

Noite em Homenagem ao Samba no SESC Esplanada

Noite em Homenagem ao Samba no SESC Esplanada

O Dia Nacional do Samba, foi comemorado em todo país na segunda-feira (02) e para celebrar a data com muita alegria e gingado, o que o ritmo proporcio

Alunos do 4° ano da escola Ensina-me a Viver visitam exposição interativa na Fundação Cultural de Vilhena

Alunos do 4° ano da escola Ensina-me a Viver visitam exposição interativa na Fundação Cultural de Vilhena

Os alunos da escola Ensina-me a Viver tiveram uma manhã bem diferente na última quinta-feira, na Fundação Cultural de Vilhena (FCV). Curiosos, os pequ

Sandra Castiel lança novo livro

Sandra Castiel lança novo livro

A professora Sandra Castiel, que é membro da Academia de Letras de Rondônia (Acler), lança mais uma obra literária de sua lavra: Amor e Dor – contos

Em trabalho inédito, Fundação Cultural inicia visita em todas as aldeias indígenas de Vilhena para registro fotográfico da Arte e Cultura de povos locais

Em trabalho inédito, Fundação Cultural inicia visita em todas as aldeias indígenas de Vilhena para registro fotográfico da Arte e Cultura de povos locais

Pela primeira vez a Prefeitura de Vilhena irá percorrer todas as aldeias indígenas de Vilhena com o intuito de registrar a produção de Arte e Cultura